Williams promete versão "refinada" com o novo FW35

Modelo é evolução do carro do ano passado, que representou um salto qualitativo nos resultados do time

A Williams foi a última equipe a lançar seu carro para a temporada 2013, optando por trabalhar por mais duas semanas no desenvolvimento do modelo que está na pista nesta terça-feira no Circuito da Catalunha, na Espanha.

A equipe apostou em uma continuidade do modelo do ano passado, que representou um grande salto para a Williams. Com o FW34, Pastor Maldonado conquistou a primeira vitória do time desde o GP do Brasil de 2004, com Juan Pablo Montoya. O venezuelano ainda teve outras boas performances, colocando o carro no top 10 da classificação em onze oportunidades. Porém, a Williams fechou o campeonato apenas na oitava colocação.

Em 2013, o venezuelano terá um novo companheiro. Depois de participar de 15 sessões de treinos livres na última temporada, o finlandês Valtteri Bottas fará sua estreia como piloto titular no GP da Austrália.

“Dada a estabilidade de regras durante o inverno, estou feliz com os ganhos que obtivemos com este ano. É um carro melhor e mais refinado do que o FW34 e acho que todos os envolvidos no projeto podem se sentir orgulhosos do que fizemos”, afirmou o diretor técnico da Williams, Mike Coughlan.

“O efeito Coanda será importante para nós. Não houve nenhuma clarificação na regra a respeito desta área, então vamos trabalhar de perto com a Renault para maximizar os ganhos possíveis. O uso da DRS é mais restrito neste ano, então vamos tirar algo dos recursos disso para focar em outras áreas”, explicou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado , Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias