Williams quer revisão de decisões dos comissários em Baku

Em pedido formal, equipe inglesa pede por uma nova verificação de vários lances da prova, incluindo punição a Sirotkin e recuperação de Alonso

A Williams pediu pela revisão de várias decisões tomadas no GP do Azerbaijão, incluindo a punição no grid de Sergey Sirotkin, e questionou a recuperação de Fernando Alonso e de sua McLaren danificada até os boxes.

Sirotkin recebeu uma punição de três posições no grid no GP da Espanha pela colisão com Sergio Pérez, da Force India, na abertura da corrida em Baku.

No pedido pela revisão, a Williams fez referência não só à decisão dos comissários em dar a Sirotkin uma punição no grid e dois pontos de penalidade, mas também à decisão que deu a Kevin Magnussen 10s de punição e dois pontos pelo toque com Pierre Gasly, além de outra em que Esteban Ocon não foi punido pelo toque com Kimi Raikkonen. 

A equipe também pediu para que os comissários examinassem o choque entre Sirotkin, Nico Hulkenberg e Alonso, que aconteceu na volta de abertura da prova, e a forma com que o espanhol trouxe seu carro danificado de volta aos boxes. 

A FIA citou que “a equipe também pediu para que os comissários revisassem um incidente envolvendo os carros 17, 27 e 35 na curva 2 da volta 1 da corrida, além das ações do piloto do carro 14 ao voltar aos boxes. (Os comissários citam que a referência ao carro 17 acima está provavelmente errada e deveria ser do carro 14, de Fernando Alonso).”

A revisão da punição a Sirotkin somente acontecerá se a Williams conseguir provar que há nova evidência, ou um “novo elemento” que não foi considerado pelos comissários em Baku, sendo que o Código Esportivo Internacional da FIA especifica assim o procedimento comum nesse tipo de caso. 

A revisão do caso acontecerá através de videoconferência com os comissários originais do GP do Azerbaijão, incluindo Tom Kristensen, e terá início ainda pela manhã de terça-feira.

Caso a FIA concorde que haja uma nova evidência, uma nova audiência levará isso em consideração uma hora depois. 

A FIA disse à equipe: “Você está convocada a aparecer diante dos comissários para provar que haja evidências em relação ao pedido. Deverá haver uma audiência preliminar para determinar se há um “novo elemento”, como definido no Artigo 14.3 do Código.”

“Isso contará com uma outra audiência para conduzir a revisão, se houver algum novo elemento determinado pelos comissários. Deve ser notado que a segunda audiência somente ocorrerá se um novo elemento determinado de acordo com o Código existir.”

Relembre a carreira de Gilles Villeneuve

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso , Sergey Sirotkin
Equipes McLaren , Williams
Tipo de artigo Últimas notícias