Williams tirou vitória de Massa em Baku, diz Lowe

Diretor técnico diz que brasileiro certamente teria vencido no Azerbaijão sem problemas no carro e rasga elogios: “Classe de campeão mundial”

Felipe Massa teria vencido o GP do Azerbaijão se não tivesse uma quebra em um amortecedor durante a prova, afirmou o diretor técnico da Williams, Paddy Lowe.

Massa estava andando em terceiro após largar em nono quando a corrida teve bandeira vermelha.

Quando ela foi retomada, Massa sofreu o problema e foi ultrapassado por Daniel Ricciardo, que viria a vencer, antes de despencar ainda mais no pelotão e abandonar.

Muitos pilotos alegaram naquele dia que poderiam ter vencido a prova caso não enfrentassem problemas, mas, após fazer análises detalhadas, Lowe acredita que Massa teria conseguido.

Aquela seria sua 12ª vitória, a primeira desde o GP do Brasil de 2008, quando perdeu o título mundial para Lewis Hamilton.

“Depois de Baku, que foi uma corrida conturbada, houve muitas pessoas que disseram que poderiam ter vencido aquela prova”, disse Lowe ao Motorsport.com.

“Eu fiz análises e não concordo com a maioria, mas definitivamente concordo com o caso de Felipe. Se nós não o tivéssemos decepcionado com uma quebra, ele seguramente teria vencido aquela corrida.”

“É uma pena que, em seu último ano, tiramos dele essa vitória. Todos ficaram chateados com isso, mas é a história do automobilismo às vezes.”

Lowe afirmou que Massa foi um piloto “fantástico” de trabalhar e que ele mostrou grande ajuda a Lance Stroll.

“Eu já o conhecia à distância por muitos anos e admirava sua pilotagem, especialmente em 2008, quando ele foi um grande competidor a Lewis [Hamilton].”

“Eu estava com a McLaren naquele momento, e, como sabemos, ele foi campeão mundial por um breve tempo, então ele tem classe de campeão do mundo. Foi ótimo trabalhar com ele neste ano e o conhecer pessoalmente, também.”

“Ele é um cara fantástico. Não há ninguém no paddock que não seja amigo de Felipe. É divertido trabalhar com ele, porque ele está sempre feliz, e nem sempre foi o caso com todos nossos pilotos.”

“Ele é realmente um piloto sólido e confiável – e é absolutamente isso que precisamos em particular de um novato do outro lado da garagem.”

“Ele tem ajudado tremendamente Lance e dando muita coordenação, o que é para ser admirado e respeitado. É esse o tipo de piloto que ele é.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias