Wolff: Mercedes precisa se manter humilde em 2018

Chefe da equipe fica atento a progresso da concorrência e revela: “Tiramos os adesivos que dizem que vencemos o campeonato, porque 2018 começa do zero”

O chefe da Mercedes na F1, Toto Wolff, acredita que a equipe alemã precisa se manter humilde a fim de permanecer no topo da categoria e conquistar mais títulos em 2018.

Neste ano, a Mercedes obteve seu quarto título duplo consecutivo, levando mais uma vez a taça tanto entre pilotos, com Lewis Hamilton, como nos construtores.

Wolff espera que a equipe tenha os recursos necessários para se manter em posição de destaque, mas alerta que a postura precisa ser a adequada dos membros envolvidos.

“Acho que temos uma boa organização, e, de alguma forma, as coisas vão acontecendo. Mas, tendo dito isso, você precisa nunca subestimar a concorrência. Ela pode ser superveloz e você fica em desvantagem, e vimos isso com a Ferrari, que conseguiu se recuperar após uma temporada mediana para disputar o título em 2017”, disse Wolff, em entrevista à emissora ESPN.

“Então, é importante permanecer humilde, esquecer das próprias conquistas. Estamos tirando todos os adesivos das portas que dizem que vencemos o campeonato, porque 2018 começa tudo de novo, do zero.”

A Mercedes não sabe o que é perder desde 2014, quando o novo regulamento técnico de motores, com o V6 turbo híbrido, foi colocado em vigor. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias