F3 Brasil conta com nova categoria de formação de pilotos

Com parceria entre a CBA e Anef, antiga F-3 Light vira F-3 Academy e promete ser porta de entrada de pilotos vindos do kart

Após a decisão de colocar a F-3 Brasil como evento suporte da Porsche GT3 Cup Challenge em 2017, a recém-criada Associação Nacional das Equipes de Fórmula (Anef) firmou acordo com a Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA)para o lançamento da F-3 Academy nesta temporada. A nova categoria substituirá a antiga F-3 Light.

O conceito da F-3 Academy, formatado em parceria entre a futura gestão da CBA e a Anef, tentará preencher a lacuna entre o kart e a F-3, proporcionando aos pilotos o desenvolvimento nas pistas brasileiras.

A nova série contará com carros Dallara 301 e promete equalização em nova faixa de potencia dos motores de forma transparente a todos. 

Aulas e palestras serão ministradas por profissionais nas áreas de dinâmica de suspensão, aerodinâmica, treinamento físico, nutrição, psicologia, treinamento em inteligência emocional, profissionalização, treinamento de comunicação sem custo adicional aos pilotos.

Será firmado convênio com uma academia europeia para que os pilotos façam ao longo do ano clínicas intensivas no exterior, inclusive com avaliação de desenvolvimento em simuladores. 

A CBA garantirá como premiação ao piloto campeão de 2017 uma temporada na F-3 Brasil em 2018.
A exemplo do que ocorria nas últimas temporadas com a F-3 Light, neste ano, os carros da nova F-3 Academy vão competir no mesmo grid da F-3 Brasil – fazendo jus à pontuação e pódios separados.

“Nos últimos anos percebemos que ficou um gap muito grande entre o kart e a F-3. A F-3 Academy vem justamente resolver este problema, inclusive garantindo aos pilotos todo o suporte necessário fora da pista para darem sequência a uma carreira profissional nas corridas. Agradeço ao Dadai pelo suporte na iniciativa, que poderá ser um passo decisivo na formação de novos talentos”, sustenta Augusto Cesário, o presidente da Anef.

Presidente da Comissão de Velocidade da CBA e eleito para assumir a entidade no próximo mês de março, Waldner Bernando, o “Dadai”, destaca o fato de a iniciativa seguir o modelo de alguns países onde o esporte a motor é bastante difundido. “Temos certeza que começaremos uma nova fase no automobilismo brasileiro no tocante à formação de pilotos profissionais”, diz o dirigente.

A temporada 2017 da F-3 Brasil começa nos dias 17 e 18 de março, em Curitiba.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 3 Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias