Campeão da GP2, Davide Valsecchi espera ter chance na Fórmula 1

Desde a criação da categoria, em 2005, todos os campeões, menos o italiano Giorgio Pantano, garantiram a "promoção"

Após conquistar o titulo da GP2 em cima do brasileiro Luiz Razia, o italiano Davide Valsecchi acredita que merece uma chance de ingressar na Fórmula 1. E se depender dele, ainda na temporada de 2012.

"Eu realmente espero que tenha essa chance. Se eu tiver, mostrarei por que mereço estar ali. Estou pronto e forte o suficiente para estar lá. Poderia até assinar agora para correr no Japão", revelou.

Com a exceção do também italiano Giorgio Pantano em 2008, que tinha uma prévia passagem pela Fórmula 1, todos os campeões da GP2 desde Nico Rosberg em 2005 tiveram uma vaga assegurada na categoria principal no ano seguinte.

Hoje, inclusive, não há pilotos do país na Fórmula 1, mas Valsecchi questiona se os compatriotas mostraram valor suficiente no passado. "Na Itália eles sempre dizem que não há piloto italiano na Fórmula 1. Mas antes, quem merecia? No ano passado, Luca Filippi terminou em segundo lugar. Antes tivemos Pantano, mas agora temos um campeão italiano", comentou.

Os últimos pilotos italianos a fazerem parte da Fórmula 1 foram Jarno Trulli e Vitantonio Liuzzi, que foram substituídos na Caterham e na HRT este ano.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias FIA F2
Tipo de artigo Últimas notícias