Depois de confirmado na Williams, Felipe Nasr fica na GP2 em 2014

Piloto brasileiro continua na equipe britânica Carlin com a qual foi quarto em 2013; Brasil volta a ter dois representantes no grid

Indo para a terceira temporada da GP2, última categoria anterior à Fórmula 1, Felipe Nasr confirmou nesta sexta-feira que continua na equipe inglesa Carlin na temporada 2014. Um dia após ser confirmado como terceiro piloto da Williams, atuando em cinco treinos livres às sextas-feiras, o brasileiro ratificou a nova parceria com o time que ajudou a consolidar como o vice-campeão de equipes do ano passado.

"Estou muito feliz por estar com Carlin este ano, tivemos uma luta dura em nossas mãos no ano passado e, apesar de termos perdido o campeonato por azares e algumas corridas difíceis, eu acho que em geral a temporada foi muito positiva para nós”, falou o brasileiro que ainda não tem vitórias na categoria.

“Nós trabalhamos muito bem juntos e é uma relação muito fácil. Este ano eu quero ir melhor, dar o máximo para ganhar o campeonato com uma equipe forte como Carlin. Temos as novas regras no que diz respeito aos pneus, acho que podemos tirar o máximo disso”, adicionou o brasileiro, se referindo à nova obrigatoriedade de usar os dois compostos de pneus disponíveis para o fim de semana durante a corrida de sábado.

"Também vai ser um grande ano para mim. Estarei envolvido com a Williams na Fórmula 1 e aprenderei com eles. Eu vou estar presente em todas as corridas nesta temporada com uma atitude forte, então mal posso esperar para que tudo comece.”

O companheiro de equipe do brasileiro de 21 anos será o colombiano Julián Leal, há três anos na GP2. O outro brasileiro da categoria, André Negrão, correrá na equipe Arden ao lado do austríaco René Binder. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias FIA F2
Tipo de artigo Últimas notícias