Dillmann marca primeira pole na GP2; Nasr é o terceiro

Francês continua a impor domínio da Russian Time em Budapeste. Líder do campeonato, Coletti é apenas 18º

Depois de liderar o treino da manhã com o britânico Sam Bird, a Russian Time cravou a primeira pole position de sua curta existência na GP2 com o francês Tom Dillmann. O piloto do carro número 12 marcou o tempo de 1:28.219s em sua penúltima tentativa e viu sua marca se manter como a mais rápida até o fim da sessão de meia hora.

Quem chegou mais próximo de seu tempo foi o seu companheiro de equipe, mais rápido pela manhã, o inglês Sam Bird, a apenas 0.077s do piloto francês. Bird terminou o treino sob investigação com o espanhol Sergio Canamasas. O inglês impediu o espanhol na curva 1 durante o treino, perdeu três posições no grid e largará amanhã de quinto.

Felipe Nasr conseguiu o quarto melhor tempo mesmo após rodar pela manhã e ter sido o último. O piloto subiu para terceiro após a punição a Bird. O brasileiro terá boa oportunidade a partir de amanhã para se aproximar de Stefano Coletti, 27 pontos à sua frente no campeonato. O monegasco não conseguiu boa classificação e foi apenas o 18º no grid para a corrida de amanhã. Coletti chegou a bater em placas de referência entre as curvas 7 e 8 e abortou sua última tentativa.

Os dois pilotos da equipe DAMS, que dividiram a primeira em Nürburgring, sairão em quarto e sexto. Ericsson mais uma vez à frente de Richelmi.

Companheiro de Felipe Nasr na Carlin, Jolyon Palmer sairá abrindo a quarta fila, ao lado do indonésio Rio Haryanto, que foi o oitavo. Alexander Rossi foi o nono, ao lado de Johnny Cecotto Jr, que assumirá o 10º posto de Daniel de Jong, punido com cinco posições no grid de largada.

A GP2 tem largada marcada para às 10h40 amanhã.

Confira o resultado da classificação:

1. Tom Dillmann (Russian Time) 1:28.219s
2. Sam Bird (Russian Time) 1:28.296s  +0.077s
3. Fabio Leimer (Racing Engineering) 1:28.507s  +0.288s
4. Felipe Nasr (Carlin) 1:28.679s  +0.460s
5. Marcus Ericsson (DAMS) 1:28.709s  +0.490s
6. Stephane Richelmi (DAMS) 1:28.753s  +0.534s
7. Jolyon Palmer (Carlin) 1:28.802s  +0.583s
8. Rio Haryanto (Addax) 1:28.826s  +0.607s
9. Alexander Rossi (Caterham) 1:28.851s  +0.632s
10. Daniel de Jong (MP) 1:28.855s  +0.636s
11. Johnny Cecotto Jr (Arden) 1:28.927s  +0.708s
12. Mitch Evans (Arden) 1:29.012s  +0.793s
13. Nathanael Berthon (Trident) 1:29.020s  +0.801s
14. James Calado (ART) 1:29.128s +0.909s
15. Jon Lancaster (Hilmer) 1:29.136s +0.917s
16. Jake Rosenzweig (Addax) 1:29.206s +0.987s
17. Simon Trummer (Rapax) 1:29.403s +1.184s
18. Stefano Coletti (Rapax) 1:29.519s +1.300s
19. Julian Leal (Racing Engineering  1:29.524s +1.305s
20. Daniel Abt (ART) 1:29.735s +1.516s
21. Rene Binder (Lazarus) 1:29.742s +1.523s
22. Adrian Quaife-Hobbs (Hilmer) 1:29.793s +1.574s
23. Dani Clos (MP) 1:29.877s  +1.658s
24. Sergio Canamasas (Caterham) 1:30.078s +1.859s
25. Vittorio Ghirelli (Lazarus) 1:30.251s +2.032s
26. Ricardo Teixeira (Trident) 1:31.254s +3.035s

Punidos: Sam Bird (2º para 5º) / Daniel de Jong (10º para 15º) / Vittorio Ghirelli (25º para 26º)

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias FIA F2
Tipo de artigo Últimas notícias