Equipes da F2 aprovam atualizações dos carros

compartilhar
comentários
Equipes da F2 aprovam atualizações dos carros
Por: Jack Benyon
19 de jul de 2018 19:12

Equipes começaram a testar o carro atualizado da Fórmula 2, depois que a categoria atualizou a embreagem e a eletrônica da máquina em uma tentativa de corrigir problemas de confiabilidade e de largada

As corridas F2 começaram atrás do safety car durante as duas últimas rodadas, no Red Bull Ring e em Silverstone, após problemas com a embreagem complicada do carro novo para 2018.

O novo carro com turbocompressor e equipado com halo também sofreu com problemas de confiabilidade do motor.

Depois de Silverstone, o campeonato recuperou todos os motores das equipes para atualizá-los e também adicionou um novo mapeamento de embreagem e acelerador para ajudar no procedimento de latgada.

A categoria está apontando para um retorno às largadas normais quando a série realizar sua próxima rodada em Hungaroring.

Uma votação foi realizada na última terça-feira para decidir qual time receberá qual motor, e depois que o ART Grand Prix se tornou o primeiro time a testar com seus dois pilotos em Magny-Cours.

Leia também:

A DAMS acompanhou com seus dois pilotos na quinta-feira no aeroporto de Le Mans.

"Tudo correu bem, não paramos", disse Jack Aitken, piloto da ART e piloto júnior da Renault na Fórmula 1. “Falando para os caras da F2 parece que foi como planejado.”

"Isso tornou a largada mais difícil em termos do lançamento perfeito, mas é mais difícil parar com certeza, então acho que eles resolveram o que queriam.”

“O grande problema - como sempre foi - é que achamos muito difícil recriar os problemas de stall nos testes, geralmente isso acontece no grid da corrida, então o teste real será no próximo final de semana. Mas por enquanto, parece bom.”

O chefe da DAMS, François Sicard, também notou que as atualizações parecem ter funcionado, e tanto Nicholas Latifi quanto Alexander Albon conseguiram testar o carro.

Cada equipe recebeu uma permissão de 100 km e um conjunto de pneus supermacios Pirelli para treinar.

"É definitivamente um passo", disse Sicard. “Nós temos uma embreagem que é mais consistente.”

“A sensação para os pilotos não é tão positiva quanto para os engenheiros, acho que agora os pilotos precisam se acostumar com isso, mas estou confiante de que demos um passo com essa nova embreagem.”

“Acho que temos algumas configurações para ajustar o mapeamento e a entrega do torque do motor. Espero ansiosamente por Budapeste e uma boa largada.”

Espera-se que as outras equipes da F2 testem nos próximos dias antes da Hungria, onde haverá outra votação para decidir quem receberá qual motor.

Próxima FIA F2 matéria
Trident encerra contrato com suspenso Ferrucci

Previous article

Trident encerra contrato com suspenso Ferrucci

Next article

Trident escala piloto da GP3 para substituir Ferrucci

Trident escala piloto da GP3 para substituir Ferrucci
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria FIA F2
Pilotos Jack Aitken
Equipes ART Grand Prix , DAMS
Autor Jack Benyon
Tipo de matéria Últimas notícias