Luiz Razia promete "ataque total" na decisão da GP2

compartilhar
comentários
Luiz Razia promete
17 de set de 2012 10:59

Vice-líder do campeonato, a 25 pontos de Valsecchi, baiano diz ao TotalRace que espera virar a maré de má sorte

Luiz Razia promete “ataque total” na última etapa da GP2, em Cingapura. Vice-líder do campeonato, 25 pontos atrás de Davide Valsecchi e com 48 pontos em jogo, o baiano espera que a má fase – nas últimas duas provas, marcou oito pontos, contra 40 do rival – acabe e que possa ser campeão da categoria.

“Em Cingapura, tem que ser ataque total, tanto na classificação, quanto nas corridas, e esperar que as coisas funcionem para mim porque, desde Spa, comecei a ter problemas”, afirmou ao TotalRace.

O circuito de Marina Bay será uma novidade para Razia, assim como para a grande maioria dos pilotos da GP2, mas o piloto da Arden não se mostra preocupado. “Vou fazer muito simulador e procurar olhar muitos dados de telemetria para me preparar bem. Vai ser o que Deus quiser. Em relação ao preparo físico, estou no meu melhor e não espero ter nenhum problema.”

Falando sobre suas chances na F-1, o baiano, que semana passada testou pela Force India na França, afirmou que o momento é de cautela. “A gente tem conversado, mas não é que esteja fácil. Estamos esperando que alguém se movimente para que possamos fazer alguma coisa.”

Próxima FIA F2 matéria
Valsecchi vence em Monza e fica próximo do título. Razia não pontua

Previous article

Valsecchi vence em Monza e fica próximo do título. Razia não pontua

Next article

Filippi marca pole em Cingapura. Valsecchi é sexto e Razia, nono

Filippi marca pole em Cingapura. Valsecchi é sexto e Razia, nono
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria FIA F2
Evento GP de Cingapura
Tipo de matéria Últimas notícias