Sette Câmara vê vitória na F2 como maior feito da carreira

Mineiro se aproveita na Bélgica de boa partida e conquista triunfo um dia após primeiros pontos

A rodada da Fórmula 2 de Spa-Francorchamps vai ser lembrada para sempre pelo mineiro Sérgio Sette Câmara. O piloto de 19 anos, que não havia marcado nenhum ponto na temporada ainda, foi o sexto na corrida de sábado, o que lhe deu o direito de largar de terceiro a prova deste domingo.

Na saída, ele foi mais veloz que o francês Norman Nato e o espanhol Roberto Merhi, que largavam na primeira fila, e foi para a ponta. Ele controlou com maestria o holandês Nyck de Vries a uma distância confortável durante a prova toda e, beneficiado por um Safety Car no fim após um forte acidente do japonês Nobuharu Matsushita, triunfou na Bélgica.

“Foi muita adrenalina”, definiu depois da prova ao Motorsport.com Brasil em Spa-Francorchamps.

“Larguei bem e tive que administrar a corrida, o que não foi fácil. A corrida foi um jogo de xadrez. Nós pudemos ter ritmo, atacamos todas as voltas. Sim, foi difícil não ter uma referência à frente. Tinha muitas dificuldades com isso na primeira parte da temporada e lentamente estou melhorando e entendendo como posso dar o máximo. Foi uma experiência muito boa para mim.”

“Tive que confiar em mim e no meu ritmo. Perguntei para o meu engenheiro como estava meu ritmo algumas vezes, ele disse que estava bom. Havia muita confiança entre nós. Com certeza foi uma experiência muito boa para mim e estou feliz que fiquei calmo. Estive muito calmo durante toda a prova.”

Após ouvir o hino brasileiro no pódio, Sette Câmara confessou a emoção.

“É realmente inacreditável, porque tivemos algo que eu não gosto muito de falar no início do ano. Nós tivemos muita má sorte.”

“Eu nem conseguia descrever e isso e nem queria, porque sempre soa como desculpa. Aqui as coisas deram realmente certo, conseguimos um bom resultado. Foi o momento mais feliz da minha carreira.”

“Espero que continue assim, assim como vemos com times de futebol que ganham uma e depois começam a ir bem. Gosto do campeonato, mas o final de semana é muito curto. Você não tem tantas voltas na classificação, não sou tão experiente também. Tivemos um final de semana limpo de erros aqui – o que não é fácil. Fizemos um bom trabalho entre equipe e piloto.”

“Fiquei muito feliz de conseguir em Spa, porque realmente gosto daqui.”

"Por causa do Max Verstappen, Spa agora tem muita torcida. A volta para o pódio tinha todo mundo gritando e feliz, porque minha equipe é holandesa e meu carro é laranja.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias FIA F2
Pilotos Sergio Camara
Tipo de artigo Últimas notícias