Time da F2 processa Ferrucci e pede 502 mil euros

compartilhar
comentários
Time da F2 processa Ferrucci e pede 502 mil euros
Por: Jack Benyon
23 de out de 2018 15:18

Demitido após polêmica atuação na etapa de Silverstone, norte-americano e seu pai têm ação movida por antiga equipe

A equipe Trident Motorsport da Fórmula 2 disse que irá tomar uma ação legal contra seu ex-piloto Santino Ferrucci – demitido da equipe depois de ter sido banido por duas etapas - alegando que o norte-americano deve ao time 502 mil euros.

Ferrucci foi suspenso após colidir com seu companheiro na F2, Arjun Maini, em várias ocasiões durante o fim de semana em Silverstone, em julho.

O piloto de 20 anos perderia as duas corridas seguintes, em Hungaroring e Spa-Francorchamps. Ainda em Silverstone, Ferrucci também foi visto dirigindo seu carro de F2 entre as garagens do campeonato e as garagens da F1 – onde ocorrem os pit stops da durante a prova – sem usar uma luva e também segurando um telefone, e foi multado em 66 mil euros pela FIA.

O piloto americano emitiu um pedido de desculpas após o evento de Silverstone, citando um "lapso mental", e desde então se mudou para a IndyCar com a Dale Coyne Racing, time com o qual competiu nas duas últimas corridas da temporada. Ele terminou em 20º em Portland e em 11º em Sonoma.

Ele não competiu na F2 depois de receber sua suspensão, com Alessio Lorandi tomando seu assento na equipe italiana.

Um comunicado da equipe diz: "a Trident Motorsport informa ter obtido pelo Tribunal de Milão uma ordem de pagamento no valor de 502 mil euros, mais juros e custos judiciais, contra o Sr. Santino Ferrucci e seu garantidor, uma empresa americana representada pelo Sr. Michael Ferrucci, devido ao piloto não ter pago os valores devidos nos termos do contrato”.

"A Trident Motorsport confirma sua intenção de prosseguir com qualquer ação legal a fim de obter uma indenização por todos os danos sofridos, bem acima do valor retido até agora, como medida provisória, pela Corte."

Mais de um mês após o ocorrido em Silverstone, a equipe Haas confirmou que manterá Ferrucci como um de seus jovens pilotos. Ele também foi defendido por sua equipe da IndyCar, a Dale Coyne Racing.

Ferrucci não esteve disponível para comentar os temas desta notícia até a publicação.

Next article
Honda expressa desejo em colocar piloto japonês na F1

Previous article

Honda expressa desejo em colocar piloto japonês na F1

Next article

Sette Câmara é novo piloto de desenvolvimento da McLaren

Sette Câmara é novo piloto de desenvolvimento da McLaren
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria FIA F2
Pilotos Santino Ferrucci
Equipes Trident
Autor Jack Benyon
Tipo de matéria Últimas notícias