Vandoorne vence corrida marcada por forte acidente e amplia liderança

Em casa, piloto da ART se manteve longe de incidentes e se aproximou ainda mais do título da temporada 2015 da GP2

A primeira corrida da GP2 em Spa-Francorchamps ficou marcada pelo grave acidente envolvendo Daniël de Jong, mas o resultado final não teve nada de inesperado: vitória de Stoffel Vandoorne, mais do que nunca líder do campeonato.

O belga não largou bem e foi superado por Sergey Sirotkin ainda na reta dos boxes, mas um erro do russo na primeira curva recolocou Vandoorne na liderança. Na saída do hairpin, Pierre Gasly e Norman Nato se tocaram, com o último sendo obrigado a abandonar a disputa.

Na sexta volta, então, aconteceu o acidente envolvendo de Jong. O holandês se envolveu em um toque com Gasly na aproximação para a Blanchimont e seguiu reto para a barreira de pneus. Após três voltas atrás do Safety Car- período no qual o belga aproveitou para trocar os pneus macios pelos médios – a direção de prova decidiu acionar a bandeira vermelha e paralisar a corrida.

De Jong foi então retirado do carro e levado para o hospital – aparentemente sem ferimentos graves – para realizar exames.

Quando a prova recomeçou, o belga estava na nona posição. No entanto, os pilotos que estavam à frente ainda precisavam colocar os compostos mais duros disponibilizados para a etapa belga. Na 16ª volta, então, Vandoorne reassumiu a liderança em definitivo.

Rio Haryanto chegou a ultrapassar Arthur Pic na chicane e ocupar o segundo posto, mas foi punido com um stop-and-go de dez segundos - houve uma infração da Campos no procedimento de relargada - o que recolocou Pic em segundo, posição na qual ele permaneceu até o final. Artem Markelov completou o pódio, enquanto Julian Leal foi o quarto colocado.

A briga pelo quinto lugar durou até a última curva Alexander Rossi tentava ultrapassar Mitch Evans quando os dois se tocaram na chicane que antecede a reta dos boxes. Ambos cortaram caminho, mas Evans conseguiu se manter à frente do norte-americano. Nathanael Berthon foi o sétimo e Jordan King o oitavo - e com isso, pole para a segunda corrida do final de semana.

Na classificação do campeonato, Vandoorne se aproxima cada vez mais do título: o belga tem agora 213 pontos, 100 de vantagem sobre Rossi, o segundo na tabela. O belga está cada vez mais próximo do 

A largada da segunda corrida da GP2 em Spa-Francorchamps está marcada para as 5h35 (de Brasília) deste domingo.

Confira o resultado final da corrida 1 na Bélgica:

PosiçãoPilotoEquipeTempo/Dif.
1 Stoffel Vandoorne ART Grand Prix 1h22:18.099 
2 Arthur Pic Campos Racing 9.979
3 Artem Markelov RUSSIAN TIME 12.856
4 Julian Leal Carlin 13.106
5 Mitch Evans RUSSIAN TIME 19.264
6 Alexander Rossi Racing Engineering 19.527
7 Nathanael Berthon Daiko Team Lazarus 23.723
8 Jordan King Racing Engineering 29.267
9 Sergey Sirotkin Rapax 34.144
10 Marlon Stockinger Status Grand Prix 34.859
11 Gustav Malja Trident 35.169
12 Alex Lynn DAMS 35.610
13 Sergio Canamasas Daiko Team Lazarus 35.797
14 Pierre Gasly DAMS 35.857
15 Rio Haryanto Campos Racing 41.571
16 Richie Stanaway Status Grand Prix 43.894
17 Raffaele Marciello Trident 46.546
18 Sean Gelael Carlin 50.840
19 Robert Visoiu Rapax 51.632
20 Andre Negrao Arden International 63.453
  Oliver Rowland MP Motorsport 7 voltas
  Nick Yelloly Hilmer Motorsport Não completou
  Nobuharu Matsushita ART Grand Prix Não completou
  Daniel de Jong MP Motorsport Não completou
  Norman Nato Arden International Não completou
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias FIA F2
Evento Spa-Francorchamps
Pista Spa-Francorchamps
Pilotos Daniel De Jong , Arthur Pic , Stoffel Vandoorne , Pierre Gasly , Artem Markelov
Equipes ART Grand Prix
Tipo de artigo Relato da corrida