Andretti recoloca conjunto motriz para homologação da FIA

Equipe, que voltou atrás e disputa segunda temporada da Formula E com carro de ano de estreia, submete novamente o ATEC-01 para ser homologado pela FIA; objetivo é colocar conjunto motriz para competir na terceira temporada

A Andretti submeterá novamente o conjunto motriz próprio, o ATEC-01, ao processo de homologação da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), com o intuito de competir com a criação na terceira edição do campeonato de carros elétricos.

O conjunto motriz da equipe norte-americana deveria ter estreado nesta temporada, mas uma série de problemas enfrentados durante os testes coletivos em Donington Park, em agosto, fez com que o time revertesse para o pacote da primeira temporada. 

Desde então, a equipe continuou trabalhando no motor e no inversor para garantir que todos os sistemas sejam confiáveis para a estreia na terceira temporada, que começa no outono (no hemisfério norte - primavera no Brasil). 

“Tínhamos duas opções para seguir em frente com o ATEC-01: poderíamos continuar com o processo antes da segunda temporada, o que nos limitaria em muitos aspectos, mas escolhemos submeter nosso projeto a uma nova homologação", disse Roger Griffiths, diretor da equipe, ao Motorsport.com.

"Isso nos deu mais liberdade para trabalhar no conjunto como um todo e nossa intenção é coloca-lo na pista na próxima temporada", afirmou.

A Andretti recebeu autorização para testes privados desde o dia 1º de janeiro. Griffiths planeja executar as primeiras sessões de pista o mais breve possível. "Testaremos e daremos início ao período de 15 dias de testes, provavelmente no final de março", completou.

Nesta temporada, a Andretti conquistou até o momento 17 pontos - todos com Robin Frijns, que terminou o ePrix de Putrajaya em terceiro, mesmo com um problema na barra de direção. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Equipes Andretti Autosport
Tipo de artigo Últimas notícias