Animado, Nelsinho Piquet busca recuperação na Suíça

Piloto da Jaguar espera voltar a marcar pontos em prova inédita em Zurique após azares nas últimas corridas

Neste final de semana, a Fórmula E chega a um palco diferente. A categoria dos carros elétricos irá competir pela primeira vez nas ruas da cidade de Zurique, na Suíça. Será a primeira corrida em território suíço desde a proibição do esporte a motor feita no país nos anos 1950.

Nelsinho Piquet se disse feliz de fazer parte desta história. Atualmente, o piloto ocupa o oitavo lugar no campeonato mundial, com 45 pontos, apesar de não pontuar há quatro provas.

A corrida será um marco no automobilismo internacional. Isso porque será a primeira competição em território suíço depois de décadas de proibição governamental.

Em 1955, após um acidente com o suíço Pierre Levegh nas 24 Horas de Le Mans, 83 espectadores na arquibancada foram mortos, além do próprio piloto, e o governo baniu as corridas no país. Apenas em 2015 a lei foi relaxada e passou a permitir competições de carros elétricos, como a Fórmula E.

Em Zurique, a F-E terá um traçado de 2.460 metros, com 11 curvas e duas retas razoavelmente longas que devem ser os principais pontos de ultrapassagem. No mais, o circuito tem seis curvas de 90 graus, um cotovelo e uma chicane.

"Fazer parte de um movimento como a Fórmula E tem sido maravilhoso”, iniciou o Piquet.

“De novo será muito bom ir a uma cidade na qual o automobilismo não tem ido há anos.”

“O time tem trabalhado muito duro e aprendido bastante nas últimas corridas, então estou confiante de que poderemos marcar alguns pontos importantes antes da corrida final em Nova York."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Pilotos Nelson Piquet Jr.
Tipo de artigo Últimas notícias