Após atentado, barreiras da F-E protegem mercados em Berlim

Blocos de concreto usados como barreiras de proteção no ePrix de Berlim, realizado em maio, foram cedidos pela categoria para proteger mercados de Natal na cidade após atentado da última segunda-feira

A Fórmula E contribui para mais segurança em Berlim após o atentado ocorrido na última segunda-feira (19), quando um caminhão invadiu a área dos mercados de Natal da cidade, matando 12 pessoas e ferindo dezenas.

As barreiras de concreto utilizadas durante o ePrix de Berlim, realizado em maio deste ano, foram cedidas pela categoria para proteger a região. Após pedido da polícia da cidade germânica, a categoria cedeu as barreiras, com um metro de altura e quatro de largura, para serem utilizadas, sem custo.

Cada elemento pesa quatro toneladas e foi construído especialmente para a realização da prova, que foi transferida para o centro da cidade na segunda temporada da F-E após ser realizada no aeroporto de Templehof na edição de estreia. 

Os blocos vinham sendo guardados na região de Kopenick para serem utilizados nas próximas corridas da F-E na cidade. Desde a última quarta-feira, os blocos tem sido posicionados em locais estratégicos dos mercados de Natal por toda a cidade.

A polícia, o corpo de bombeiros e o serviço de emergência da cidade lidaram, em conjunto, com a logística e disposição dos blocos de concreto da F-E pela cidade.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Tipo de artigo Últimas notícias