Bird também recebe punição de grid no México

Piloto da Virgin se junta a Alex Lynn como os competidores que sofrerão penalidades de 10 posições de grid no ePrix da Cidade do México neste sábado

Sam Bird e Alex Lynn já tiveram uma caixa de câmbio substituída nesta temporada, com a DS Virgin fazendo a mudança em Marrakesh para Bird e em Santiago para Lynn.

Um "desvio" na qualidade do material usado na parte de dentro da caixa de câmbio causou perdas de potência e também levou o abandono de Lynn em Santiago.

O diretor técnico da DS Performance, Thomas Chevaucher, explicou ao Motorsport.com que a equipe vem implantando caixas de câmbio "fixas" em cada corrida.

Bird e Lynn agora têm um novo jogo de caixas de câmbio em seus dois carros, Lynn já havia confirmado sua penalidade no início desta semana.

"Tivemos um desvio de produção, a especificação da peça não mudou em relação ao ano passado, mas mudamos por razões de milhagem", disse Chevaucher.

"Tivemos o lote errado de materiais usados para produzir essa parte, que foi a origem do problema que tivemos desde o início da temporada.”

"Mudamos uma caixa de câmbio depois de Hong Kong, uma depois de Marrakesh, então mudamos duas caixas câmbio agora, então as quatro caixas foram alteradas na garagem.”

A rival da DS Virgin, a Audi, também sofreu uma série de problemas de componentes, o que levou o fabricante alemão a solicitar uma alteração de homologação do inversor para garantir uma correção permanente.

Chevaucher sublinhou que isso não era necessário para o DS Virgin porque era um problema com a fabricação da peça, e não o design.

"Não estamos mudando a homologação", disse ele. "O design não mudou da temporada passada, não foi feito com um bom material.”

Lucas di Grassi também receberá uma punição de dez posições, após uma nova troca de inversor, devido ao abandono na última etapa, em Santiago.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Pilotos Sam Bird
Equipes DS Virgin Racing
Tipo de artigo Últimas notícias