Birmingham pode receber F-E na temporada 2018/2019

O prefeito de West Midlands, Andy Street, diz que está em negociações "avançadas" com a Fórmula E para organizar uma corrida urbana que reviveria o Superprix de Birmingham

O prefeito de West Midlands, Andy Street, se comprometeu a organizar uma corrida urbana em Birmingham como parte de seu programa eleitoral em maio de 2017. Se realizada, a corrida seria parte da temporada 2018/19 da Fórmula E, a primeira com os novos carros Gen2.

Qualquer evento teria que seguir a emenda de 17 de abril da Lei de Trânsito Rodoviário local, que permite que eventos de automobilismo na Inglaterra incorporem o uso de estradas fechadas.

"No ano passado, estivemos em negociações com os organizadores dda Fórmula E para organizar uma corrida nas ruas de Birmingham, efetivamente revivendo o Superprix", disse Street.

O Superprix de Birmingham foi uma rodada da Fórmula 3000 e um teste do Campeonato Britânico de Carros de Turismo que aconteceu entre 1986 e 1990, usando as estradas ao sul do centro da cidade.

"Estamos agora em um estágio avançado das negociações e estamos especialmente ansiosos por duas razões principais".

"Em primeiro lugar, significa que podemos mostrar ao mundo a face renovada do centro de Birmingham, que recebeu um investimento sem precedentes nos últimos anos."

"Como muitos Brummies [é assim que as pessoas de Birmingham são conhecidas], eu me lembro do Superprix original com amor".

"As fotos e imagens desses eventos tornaram-se quase parte do folclore e nos lembram como esses eventos impulsionaram a cidade a ser o centro das atenções".

"Segundo, e talvez mais importante, mostra a posição de nossa região como líder mundial em tecnologias automotivas de última geração".

"Grande parte da engenharia que se aplica aos carros que já são usados nas corridas de Fórmula E vem de West Midlands, faz todo o sentido que possamos organizar esses eventos".

"Se tivermos sucesso no acordo, esta corrida da Fórmula E acontecerá no próximo verão em uma pista similar à usada no Superprix original".

"É claro que ainda há trabalho a ser feito, o Conselho Municipal de Birmingham tem sido um bom suporte em nossas negociações e estamos trabalhando para chegar a um acordo baseado em patrocínio comercial".

A Fórmula E avaliou fazer uma corrida em Birmingham para fechar esta temporada após a rodada dupla de Montreal ter sido cancelado após as eleições na cidade. No entanto, os organizadores da categoria pensaram que não era bom organizar um ePrix com tão pouca margem e deixaram o campeonato em dez cidades e 12 corridas, sendo Nova York e Hong Kong as únicas em rodada dupla.

A Grã-Bretanha não sediou um evento de Fórmula E desde que o segundo E-Prix de Londres foi realizado em julho de 2016.

A pista em torno de Battersea Park foi estabelecida como um local para sediar as corridas por cinco anos, mas o acordo foi prematuramente quebrado pela oposição dos moradores locais.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Tipo de artigo Últimas notícias