Campeão, Nelsinho vê concorrência forte da Audi e Renault

Em Fórmula E mais profissionalizada, brasileiro da China Racing mira em desenvolvimento a longo prazo

A temporada da Fórmula E  começa neste final de semana em Pequim, na China. Nelsinho Piquet tentará defender seu título utilizando o número 1 no carro da China Racing. Mais preparado desta vez, Piquet diz que apesar da experiência de uma temporada, ninguém ainda entende completamente como será a temporada.

“Está todo mundo trabalhando bastante, estamos fazendo o máximo que podemos”, falou Nelsinho em entrevista exclusiva ao Motorsport.com.

“Mas é difícil entender se as soluções que estamos tentando serão boas ou não, mas independente disso teremos de trabalhar muito juntos para desenvolver e melhorar o nosso pacote, caso não estejamos com o melhor agora.”

Nelsinho mira no desenvolvimento a longo prazo do carro da China Racing. “Temos que desenvolver agora para a temporada 3. Temos de pensar não só no amanhã, mas no ano que vem.”

“O primeiro ano foi complicado. Acho que mesmo como campeões ainda estamos alguns passos atrás de Audi e Renault. Estamos um ano atrasado.”

Mas o que mudou do ano passado para este ano? Piquet crê que, apesar de vencida a barreira do primeiro ano, muito aprendizado ainda será obtido. “A preparação mudou porque no ano passado era o primeiro ano. Ninguém sabia nada.”

“Ninguém tinha contrato até o fim do ano, não tinham montadoras. As coisas estavam muito mais soltas. Neste ano está diferente. Temos várias montadoras, uma empresa grande como a Nextev (patrocinadora principal da China Racing) que banca e quer resultado. Começamos agora o ano com dois pilotos e contrato longo.  É algo muito mais profissional.”

Pessoalmente, Nelsinho encara a temporada 2015-16 com a mesma ansiedade da de 2014-15. “Não mudou nada desde que conquistei o título. Estamos aqui na mesma posição do ano passado, sem saber como vai ser a temporada.”

“No ano passado foi uma outra situação, mas também não sabíamos nada. Estarei aqui por três anos e trabalharemos com a meta no futuro. Essa vai ser minha casa por muito tempo. O time foi muito importante no ano passado.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Pilotos Nelson Piquet Jr.
Equipes China Racing
Tipo de artigo Entrevista