Di Grassi tem fim de semana “frustrante” em Hong Kong

Atual campeão da Fórmula E terminou as duas corridas da abertura da temporada fora da zona de pontuação

A Fórmula E não começou como esperava o atual campeão da categoria, Lucas di Grassi, que enfrentou problemas mecânicos que impediram o piloto da Audi Sport ABT Schaeffler de lutar por vitórias e pódios nas duas corridas, que acabaram vencidas por Sam Bird, da DS Virgin no sábado, e por Felix Rosenqvist, da Mahindra neste domingo.

Largando da sexta posição na corrida de sábado, o brasileiro enfrentou batalhas por posição no pelotão da frente, e um toque comprometeu a suspensão traseira direita e dificultou a dirigibilidade de seu Audi e-tron FE04.

“Não foi o melhor dia. Depois de um contato na relargada a minha suspensão traseira acabou quebrando e terminamos o dia sem pontos. Uma pena, porque o carro estava muito bom”, destacou.

No domingo, por não ter pontuado no sábado, Di Grassi partiu para a classificação no primeiro grupo de pilotos e o máximo que conseguiu foi o 12º lugar do grid.

A uma volta da parada programada, o carro de Lucas parou no meio da pista e o brasileiro acabou perdendo tempo para reiniciar todo o sistema e fazer com que seu carro voltasse a funcionar para ir aos boxes para a troca obrigatória de carro. O tempo perdido afetou mais uma chance do atual campeão somar pontos na abertura da temporada da F-E.

“Domingo foi mais uma corrida frustrante. Tivemos uma falha na bateria no meio da prova e isso comprometeu um bom resultado, porque fizemos a melhor volta da prova e eu tinha o stint mais rápido. Entretanto, esse problema me fez perder um minuto tentando reiniciar todo o sistema. Então saímos de Hong Kong sem pontos, mas vamos lutar com todas as forças em Marrakesh na próxima etapa”, concluiu.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Evento Hong Kong
Pista Circuito da rua de Hong Kong
Pilotos Lucas di Grassi
Tipo de artigo Últimas notícias