Di Grassi vê luta por título como “extremamente difícil”

compartilhar
comentários
Di Grassi vê luta por título como “extremamente difícil”
15 de jan de 2018 08:44

Brasileiro admitiu que o pesadelo de confiabilidade da Audi que o deixou sem pontos nas primeiras três corridas da temporada 2017/2018 é "muito estranho" e "realmente frustrante"

Lucas di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler
Lucas di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler
Sam Bird, DS Virgin Racing, Felix Rosenqvist, Mahindra Racing, andLucas di Grassi, Audi Sport ABT Sc
Jose Maria Lopez, Dragon Racing and Lucas di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, at the start of the
Lucas di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, Antonio Felix da Costa, Andretti Formula E Team, sign au
Lucas di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, on the grid
Lucas di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler
Luca Filippi, NIO Formula E Team
Alex Lynn, DS Virgin Racing

Lucas di Grassi foi 17º e 14º colocado na rodada dupla de Hong Kong, graças a problemas de confiabilidade. Depois, ele teve que abandonar o ePrix de Marrakesh neste sábado, depois de sofrer perda de potência.

Isso ocorreu depois que uma falha do powertrain arruinou sua volta da superpole na classificação e levou a Audi a mudar o inversor para a corrida, usando sua única mudança livre de penalidade permitida desse componente para a temporada.

Di Grassi confirmou que o problema na corrida ocorreu em seu outro carro, o que significa que ambos os E-tron FE04 sofreram falhas em Marrakesh.

"Começou com alguns cortes de potência na volta anterior e, em um momento, o carro simplesmente parou", disse ele ao Motorsport.com

"Nós não sabemos se é o mesmo problema de Hong Kong, não sabemos se é o mesmo do quali, mas é um começo de temporada muito difícil.”

"Fizemos mais quilômetros de testes do que todos os outros, sem nenhum problema.”

"Então, é muito estranho que, de repente, tivemos problemas em três das três corridas.”

"Sabemos que o carro é rápido e é ainda mais frustrante porque o carro não tem confiabilidade. Temos que trabalhar duro para garantir que isso não aconteça mais."

Luta pelo título: "desafio muito grande"

Atual campeão, di Grassi está agora a 54 pontos do líder do campeonato, Felix Rosenqvist, que ganhou a segunda prova em três corridas.

"O que o torna realmente frustrante é porque o campeonato se torna muito, muito difícil", disse di Grassi.

"Para ser sincero, será extremamente difícil e realmente um grande desafio ser capaz de lutar para vencer o campeonato.”

"Não é impossível, nunca é impossível, especialmente com a Abt, mas precisamos resolver esses problemas, começar a marcar pontos e a ter resultados consistentes."

Rosenqvist disse que ainda era "muito cedo" pensar que Grassi estava fora de disputa.

"Como você viu no ano passado, ele parece ser capaz de fazer milagres quando necessário, então eu não descartaria ninguém", disse ele.

“Se não marcarmos em duas corridas e ele vencer, ele estará de volta ao jogo.”

Próxima Fórmula E matéria
Müller lidera testes da F-E e Fittipaldi faz 2ª melhor marca

Previous article

Müller lidera testes da F-E e Fittipaldi faz 2ª melhor marca

Next article

Fórmula E considera Birmingham para substituir Montreal

Fórmula E considera Birmingham para substituir Montreal
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Pilotos Lucas di Grassi
Tipo de matéria Últimas notícias