F-E apresenta traçado do ePrix de Paris

Capital francesa receberá categoria de monopostos elétricos pela primeira vez; pista será montada no centro da cidade

O ePrix de Paris, prova que marca a estreia da França na Fórmula E, teve o traçado apresentado nesta quarta-feira (13). A pista será montada na região histórica de Les Invalides, no centro da capital francesa, terá 1.930 metros de extensão e 14 curvas.

“Como campeonato, somos afortunados por podermos correr em locais incríveis, mas nada é tão espetacular quanto ter como cenário a cidade de Paris. O perfil da categoria é baseado em corridas de rua no coração das cidades ao redor do mundo e Paris preenche todos os requisitos, sem dúvida", disse o CEO da F-E, Alejandro Agag.

“A França é um mercado muito importante para o campeonato, além de ser a casa da FIA, da Michelin e de parceiras como a Renault e a DS. O ePrix de Paris será uma prova icônica, a primeira corrida de carros  totalmente elétricos na capital francesa", afirmou.

A pista ficará próxima à sede da FIA (Federação Internacional de Automobilismo). O presidente da federação, Jean Todt, também se mostrou bastante empolgado com a realização da prova.

“É totalmente lógico que um país como a França, que sempre esteve na vanguarda da inovação, receba um ePrix na capital do país. Tenho certeza de que o espetáculo oferecido pela F-E em uma pista nos arredores de Les Invalides fará deste um evento único dentre os eventos de automobilismo no mundo todo", disse.

Prazo final para Berlim

A prova seguinte ao ePrix de Paris, pelo menos no calendário, continua sendo o ePrix de Berlim. Mas, segundo apurou o Motorsport.com, um novo local para a realização da prova ainda precisa ser decidido e formalizado pela categoria.

Muitas opções foram oferecidas aos organizadores da F-E, mas os dirigentes preferem permanecer em Berlim. Acredita-se que o prazo final para decidir o local da prova é a próxima sexta-feira (15) e um anúncio é esperado para o final de janeiro.

Um das possibilidades mais cotadas é de que a corrida seja realizada nas imediações do Estádio Olímpico de Berlim, que sediou a final da Copa do Mundo de 2006 e a mais recente edição da final da Champions League.

A mudança de local se dá pelo fato de que o aeroporto de Tempelhof, local da primeira edição do ePrix de Berlim, é utilizado no momento para receber refugiados - a maior parte deles, fugindo da guerra civil na Síria.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Evento ePrix de Paris
Pista Ruas de Paris
Tipo de artigo Últimas notícias