F-E irá superar F1 em dez anos, diz dono da Virgin

Fundador da Virgin, Richard Branson acredita que competitividade e conceito da Fórmula E tenham potencial maior que F1 atualmente

A Fórmula E chegou para ficar. Devido à nova tecnologia de carros de competição totalmente elétricos, a categoria está chamando a atenção das montadoras e tendo cada vez mais investimentos.

Com o nível do campeonato crescendo, Richard Branson - fundador da Virgin e que teve time na Fórmula 1 por dois anos (2010 e 2011) - acredita que seja questão de tempo para a F-E superar a F1.

"Alex Tai (atual chefe da DS Virgin Racing) veio a mim um dia e disse que não deveríamos estar mais envolvidos na Fórmula 1, que a Fórmula E ia liderar em energia limpa e eu concordei com ele", disse Branson.

"Foi incrivelmente emocionante. A categoria está crescendo muito rapidamente, e todas as temporadas trazem novas iniciativas. Estou disposto a prever que, dentro de 10 anos, se a Fórmula 1 continuar no que é atualmente, acho que a Fórmula E irá superá-la.”

"E assim deveria, porque o mundo deveria ser alimentado por carros limpos. Todos nós temos que parar com os carros sujos, e a Fórmula E pode liderar o caminho nisso."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Tipo de artigo Últimas notícias