Fãs da F-E são "muito mais jovens" que os da F1, diz Nissan

Entrar na Fórmula E dá acesso à Nissan a uma base de fãs muito mais jovem do que se fosse na Fórmula 1 ou outra grande categoria, diz o diretor global de automobilismo da marca, Michael Carcamo

A Nissan se tornará a primeira fabricante japonesa a entrar na Fórmula E quando entrar no lugar da Renault no final da temporada. A equipe revelou a pintura do carro da temporada 2018/2019 no Salão de Genebra, nesta terça-feira.

O diretor global de automobilismo da marca, Michael Carcamo, explicou que usar a categoria elétrica para explorar novos sistemas para as gerações mais jovens era importante para a Nissan.

"O perfil de idade dos fãs F-E é muito mais jovem do que da F1 ou outras categorias", disse ele. "Isso é importante porque as pessoas falam sobre o declínio de interesse dos chamados ‘millennials’ na condução de um carro.

"Temos que dar a eles outra alternativa, dar mais soluções. Queremos encontrar opções de mobilidade para jovens que vivem nas grandes cidades."

Primeiro projeto global desde fisco da LMP1

A entrada da Nissan na Fórmula E é o primeiro empreendimento em uma grande categoria internacional, já que o projeto na LMP1 falhou em 2015.

A Fórmula E usará o novo carro gen2 de estilo agressivo, que foi fisicamente revelado pela primeira vez em Genebra.

A bateria do novo carro pode armazenar o dobro da quantidade de energia do que o atual e, portanto, elimina a necessidade de troca de carros no meio da prova, o que Carcamo explicou que é um fator significativo por trás da decisão da Nissan de se juntar à série.

"Quanto ao porque [a Nissan entrou na Fórmula E], você tem que voltar para a história da Nissan. Estamos com veículos elétricos há mais de 70 anos, desde 1947 [com a Tama Electric Car], na verdade", ele disse. "Então, mais recentemente, há o Leaf, que se tornou o EV mais vendido do mundo, com mais de 300 mil unidades.”

"Nosso foco é a inovação, não corremos apenas por correr. Corremos porque a corrida é emocionante e inovadora.”

"Agora é o momento certo. Nós aumentamos o tempo de bateria com o Gen2, mais energia, e é voltado também à tecnologia para um carro de rua.”

"Então, a Fórmula E é uma ótima vitrine para conversarmos sobre o que realmente fazemos - e estamos fazendo.”

"A corrida é onde as pessoas podem ver a parte emocional dos EVs. Acho que é algo que ainda precisamos ter muito trabalho para convencer as pessoas de que os EVs são uma ótima alternativa".

Entrevistado por Anthony Rowlinson

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Evento Nissan Formula E unveil
Tipo de artigo Últimas notícias