Fittipaldi: Por corrupção, F-E no Brasil não deve acontecer

compartilhar
comentários
Fittipaldi: Por corrupção, F-E no Brasil não deve acontecer
19 de jun de 2018 15:48

Bicampeão de Fórmula 1, ex-piloto acredita que problemas políticos no Brasil devem continuar impedindo realização de prova

Emerson Fittipaldi and Alejandro Agag, Formula E CEO
Emerson Fittipaldi, former F1 World Champion, Indy 500 winner, drives the Formula E car
Emerson Fittipaldi
Emerson Fittipaldi, former F1 World Champion, Indy 500 winner, drives the Formula E car
Sam Bird, DS Virgin Racing
Emerson Fittipaldi, former F1 World Champion, Indy 500 winner, drives the Formula E car
Emerson Fittipaldi, former F1 World Champion, Indy 500 winner, drives the Formula E car
Mitch Evans, Jaguar Racing

Emerson Fittipaldi crê que o alto nível de corrupção no Brasil no momento impeça a realização de uma corrida da Fórmula E. O evento de São Paulo proposto para este ano foi deixado de fora do calendário.

Falando no ePrix de Zurique, onde dirigiu o carro oficial de demonstração da F-E, Fittipaldi declarou que a atual situação política do Brasil é um "desastre", mas espera que um acordo possa ser acertado para a Fórmula E visitar o Brasil no futuro.

“Eu acho que uma corrida no Brasil seria fantástica, contanto que eles possam organizar o país. Há uma situação de desastre no Brasil ”, disse Fittipaldi.

“Infelizmente, o nível de corrupção atual nunca aconteceu na história de qualquer país do mundo. Os políticos do Brasil são uma vergonha para o Brasil por causa do que eles estão fazendo.”

“O Brasil perdeu muito dinheiro nos últimos dez anos devido à corrupção.”

Fittipaldi, no entanto, continua otimista de que uma corrida no Brasil ainda possa acontecer e insiste que ela deva ser realizada em São Paulo.

“Eu estava conversando com Jean Todt. Espero que o Brasil ainda possa ter uma corrida ”, afirmou Fittipaldi.

“São Paulo é onde o automobilismo nasceu no Brasil. Deve ser em São Paulo. Temos um ótimo lugar, mas precisamos de muito apoio do governo, e isso é difícil.”

"É um desastre a situação agora."

Enquanto isso, Fittipaldi diz que a decisão de Felipe Massa de assinar para correr pela Venturi será "boa para o campeonato". Massa se juntará a seus antigos colegas compatriotas na F1, Lucas di Grassi e Nelson Piquet, na próxima temporada, que se inicia em dezembro deste ano.

"Acho que será bom para a Fórmula E. Acho que ele vai ser dedicado, e ele vai ser rápido, com certeza. Ele está ansioso para correr em Riade (Arábia Saudita).”

Próxima Fórmula E matéria
Adelaide e cidades russas negociam provas na F-E

Previous article

Adelaide e cidades russas negociam provas na F-E

Next article

e.dams anuncia saída de Prost ao fim desta temporada

e.dams anuncia saída de Prost ao fim desta temporada

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Pilotos Emerson Fittipaldi
Tipo de matéria Últimas notícias