Fórmula E completa testes com carros da 5ª temporada

Sete fabricantes que fazem parte da F-E completaram testes de dois dias dos carros da próxima temporada, no circuito Monteblanco

Audi, DS, Jaguar, Venturi, Mahindra, Penske e Nissan testaram os carros da 2ª geração da Fórmula E que serão introduzidos na 5ª temporada da categoria. A principal novidade é o armazenamento de energia, que evitará a troca de carros no meio das corridas.

O teste foi dividido ao longo de três dias, com a terça-feira sendo o dia de descanso, e foi realizado sob condições privadas.

O atual campeão, Lucas di Grassi, guiou o Audi da quinta temporada e Nelsinho Piquet fez o mesmo pela Jaguar.

A Venturi dividiu os testes entre o piloto de desenvolvimento Michael Benyahia, que pilotou na segunda-feira, e completou o teste com Tom Dillmann.

A Mahindra contou com Felix Rosenqvist, enquanto a Nissan, que está assumindo a equipe Renault que atualmente tem Sebastien Buemi e Nico Prost, também testou seu carro.

A BMW também estava preparada para participar do teste, mas a fabricante alemã se retirou antes das ações começarem na segunda-feira.

"Durante nossos preparativos finais, ocorreu um mau funcionamento inesperado", disse um comunicado da BMW. “Nós [portanto] decidimos continuar trabalhando no carro em Munique.”

O nono fabricante da quinta temporada, a NIO, também perdeu o teste em Monteblanco por estar fora de sintonia com seu plano de preparação para 2018/2019.

“Quando definimos nosso plano de engenharia para projetar, fabricar e testar o powetrain e o chassi do ‘Gen2’, os testes não foram programados”, explicou o chefe da Nio, Gerry Hughes, na recente rodada da F-E de Punta del Este.

Um segundo teste coletivo está programado para acontecer no circuito de Calafat, na Catalunha, no próximo mês.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Tipo de artigo Últimas notícias