Frustrado, Nelsinho espera ano difícil: "esta é a realidade"

Nelsinho Piquet diz que ele e equipe NEXTEV TCR esperam uma temporada complicada, já que não será possível resolver a curto prazo problemas do carro

Nelsinho Piquet reconhece que a segunda temporada da Fórmula E já está comprometida para ele e para a equipe NEXTEV TCR. O brasileiro, atual campeão da categoria, soma apenas quatro pontos no campeonato, obtidos no ePrix de Putrajaya - no ePrix de Pequim, Piquet terminou em 15º.

O problema está no carro, que não apresenta o desempenho esperado. Por isso, Nelsinho não crê que, em condições normais, ele ou Oliver Turvey, companheiro de equipe, apareçam no pódio e conquistem resultados significativos.

"Esta é a realidade. Não esperamos estar no pódio em nenhuma corrida, isso é certo. Se marcarmos pontos em uma corrida ou outra, a equipe ficará mais do que feliz. Oliver conseguiu isso na China, eu consegui na Malásia. Se conseguirmos manter esta média, será como chegar ao pódio para nós, para ser honesto", disse Nelsinho ao Motorsport.com.

"Temos muitos problemas no momento, que eu não acredito que possam ser resolvidos rapidamente. Temos que resolver isso para a próxima temporada. Não podemos modificar nada no carro, então não é possível mexer nisso (nesta temporada)", afirmou. 

Com um pacote que não é dos melhores e sem perspectivas de melhorias a curto prazo, Nelsinho já está preparado para um ano abaixo das expectativas, especialmente levando em conta que o brasileiro é o atual campeão da F-E.

"Sou um piloto de corridas, quero vencer todas. Por isso é difícil para nós quando chegamos para mais um final de semana, sabendo que as coisas serão complicadas. Vir de uma temporada vitoriosa para onde estamos agora é mais frustrante do que os resultados em si. Tínhamos um time campeão e agora estamos andando na outra ponta do grid", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Pilotos Nelson Piquet Jr.
Tipo de artigo Últimas notícias