Haryanto admite que Fórmula E é única opção

Ex-piloto da Fórmula 1 coloca Fórmula E como principal opção para seu retorno às pistas, embora insista que tenha "negócios inacabados" na principal categoria do automobilismo

Rio Haryanto voltou à pista pela primeira vez desde o GP da Alemanha de 2016, quando testou um carro da F-E em Valência no início do mês.

Seu teste foi organizado pela categoria, porque Haryanto conhece o CEO, Alejandro Agag, quando guiou para Barwa Addax em 2013, na GP2.

Haryanto disse ao Motorsport.com: "No momento, é apenas a Fórmula E. Eu ainda não procurei outras opções, mas ainda estou aberto a oportunidades.

"O campeonato cresceu muito rapidamente. Está ficando grande agora, mais fabricantes estão chegando."

"É o futuro do automobilismo e espero que um dia possa ter uma unidade aqui e fazer o melhor trabalho que puder."

Uma chance é extremamente improvável para a temporada 2017/2018, mas Haryanto poderia participar do teste para novatos planejado na temporada e garantir o papel de piloto de reserva.

Agag disse ao Motorsport.com que "adoraria" ter Haryanto na série e tentaria ajudá-lo a se envolver com alguma equipe para a próxima temporada.

"Vamos ajudá-lo e tentar fazer acontecer", disse ele. "Acho que seria realmente muito bom para o campeonato. Ele é um ótimo cara, ótimo piloto. E é claro que a oportunidade para esse mercado é importante para o automobilismo."

"Meu problema é que eu adoraria possuir todas as equipes para poder colocar os pilotos que eu quero, mas essas equipes têm proprietários teimosos, então eles decidem."

Agag revelou que a F-E considerou a perspectiva de uma corrida em Jacarta, capital da Indonésia, e disse que era algo que a série poderia "analisar para 2018/19".

Haryanto disse: "Muitos fãs de automobilismo estão olhando para a Fórmula E agora e especialmente na Indonésia."

"Seria um ótimo lugar para hospedar uma corrida de Fórmula E e um sonho de correr nas ruas da minha casa, especialmente no centro da cidade."

Novato na temporada 2016 da F1, Haryanto não completou seu campeonato depois de não encontrar o orçamento.

Ele foi substituído na Manor por Esteban Ocon, após as férias de verão da F1.

"A Fórmula 1 sempre foi o alvo e me parece que foi um negócio inacabado, não fazer uma temporada completa", disse ele. "Eu ainda estou vendo se há alguma possibilidade de encontrar um caminho de volta lá."

"Foi um grande impacto para os fãs e para o orgulho do povo indonésio, correr em um nível tão alto, na Fórmula 1. Eu acho que agora na Indonésia há mais jovens pilotos começando a amar o automobilismo."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Pilotos Rio Haryanto
Tipo de artigo Últimas notícias