Marrocos quer sediar corrida da Fórmula E em Marrakech

Chefe da corrida do WTCC garante que aproximação entre F-E e organizadores é séria para o futuro

A Fórmula E poderá em breve sediar uma corrida nas ruas de Marrakech, sua primeira no continente africano. A informação é de Stephane Roux, organizador da corrida do WTCC no país.

"Estamos discutindo com a Fórmula E", disse Roux ao Motorsport.com. "Os organizadores do campeonato estão interessados em um local como Marrakech.”

"Um local africano, único continente onde o campeonato ainda não está estabelecido. Isso realmente agrada a eles.”

"Os construtores também gostam, porque o mercado de automóveis na região está crescendo rapidamente. É um dos poucos mercados do mundo com um crescimento anual de dois dígitos, depois da Índia e da China."

Roux acredita que sediar uma corrida será útil para o país, já que o chefe de Estado, Mohammed VI de Marrocos, é um grande defensor da tecnologia verde.

"Sediar a Fórmula E faria muito sentido para o Marrocos. Marrakech será a sede da COP 22 (Cúpula Mundial do Clima), em novembro, o que será grande", disse ele.

"Além disso, Sua Majestade Mohammed VI é muito dedicado a novas tecnologias limpas, com muitos planos em grande escala para o país.”

A cidade de Marrakech, no Marrocos, já recebe corridas do WTCC em um circuito de rua de 4,6 km desde 2009.

No entanto, foi anunciado no ano passado que para 2016 o circuito passará por uma grande reforma, com apenas metade do traçado original a ser mantido e a extensão encurtada para cerca de 3 km.

O país também já sediou uma corrida de F1, no circuito de Ain-Diab em 1958 - a única ocorrida no país até hoje.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Tipo de artigo Últimas notícias