Nova temporada da Fórmula E está "impossível de se prever", diz Nelsinho

compartilhar
comentários
Nova temporada da Fórmula E está
Sam Smith
Por: Sam Smith
Traduzido por: Erick Gabriel
10 de ago de 2015 14:57

Para piloto brasileiro, diferentes compreensões dos novos carros da categoria farão com que o nível de equilíbrio se mantenha para o próximo campeonato

Oliver Turvey, McLaren piloto de teste
Nelson Piquet Jr., China Racing
Nelson Piquet Jr., China Racing
Oliver Turvey, China Racing
Nelson Piquet Jr., China Racing
Nelson Piquet Jr., China Racing
Campeão Nelson Piquet Jr., China Racing
Campeão Nelson Piquet Jr., China Racing

O campeão da temporada inaugural da Fórmula E está testando seu carro no circuito de Donington Park, na Inglaterra, sendo que antes ele e a equipe NEXTEV TCR estiveram na Espanha, se preparando para o campeonato que começa em outubro.

"Os testes estão indo bem, mas é difícil dizer em que patamar todos estarão. Acho que somente na China teremos uma boa ideia do que vai acontecer."

"Obviamente, o piloto pode acrescentar mais ao carro, já que os engenheiros estão trabalhando nessa nova tecnologia, que é uma combinação de gestão da unidade de potência e a compreensão do software", explicou.

"Isso faz toda a diferença e será interessante ver quem se adaptou melhor. As equipes terão diferentes curvas de desenvolvimento."

"Todos os dias há novidades vindas do nosso pessoal, mas não temos muito tempo, já que os carros têm que partir no fim do mês", acrescentou.

"A gestão da temperatura da bateria não será tão crítica como foi no ano passado, mas vamos ter que esperar pra ver. Hoje me parece que o pessoal da Virgin está um pouco à frente, mas como disse, é quase impossível prever."

Nelsinho acredita que não haverá uma grande distância entre as equipes neste segundo ano: "Talvez na terceira temporada teremos uma hierarquia, mas nesta, a diferença entre os times será estreita, com provavelmente quatro ou cinco escuderias brigando, como foi na primeira temporada."

Piquet afirma que ficaria feliz em continuar o trabalho com Oliver Turvey, que estreou na equipe na última etapa em Londres:

"É bom tê-lo na equipe, se a direção decidir pela permanência dele será bom. Ele é um grande cara."

Na quinta-feira, Nelsinho sai de Donington e vai para Sonoma, onde vai testar pela primeira vez um carro da Indy, com a Penske.

Próxima Fórmula E matéria
Heidfeld será companheiro de Bruno Senna na Mahindra

Previous article

Heidfeld será companheiro de Bruno Senna na Mahindra

Next article

Buemi crava melhor tempo em primeiro dia; Di Grassi é segundo

Buemi crava melhor tempo em primeiro dia; Di Grassi é segundo
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Evento Testes coletivos
Localização Donington Park
Pilotos Nelson Piquet Jr.
Equipes NIO Formula E Team
Autor Sam Smith
Tipo de matéria Últimas notícias