Seria um privilégio ter Alonso, diz chefe da Fórmula E

compartilhar
comentários
Seria um privilégio ter Alonso, diz chefe da Fórmula E
21 de ago de 2018 21:11

Anúncio da saída do espanhol da F1 após final da temporada de 2018 gerou uma série de especulações sobre seu futuro nas pistas

Fernando Alonso, McLaren, puts on his helmet in the garage
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren, in the drivers parade
Fernando Alonso, McLaren MCL33

Com o anúncio de sua saída da Fórmula 1 no final da temporada de 2018, existem muitas incógnitas sobre o futuro de Fernando Alonso no automobilismo.

Depois de sua participação nas 500 Milhas de Indianápolis do ano passado, especula-se que o mais provável é que o espanhol migre para a IndyCar em 2019, podendo reconciliar com sua segunda temporada na Supertemporada do WEC.

Outros, como o jornal Daily Mail, dizem que o bicampeão mundial de Fórmula 1 poderia tem em seus planos entrar na Fórmula E em 2020.

Leia também:

Sem dúvida, alguns como Alejandro Agag, chefe da categoria elétrica, veria com bons olhos a chegada do espanhol na categoria.

"Gostaria de tê-lo. Ele quer ganhar tudo. Ele quer ganhar Le Mans e Indy, então perderá a Fórmula E e terá que vir para cá. Alberto Longo (CEO da Formula E) e eu conhecemos Fernando há vários anos. Nos sentamos na caravana da Renault com seu pai e seu gerente para assistir às corridas. Obviamente, é um piloto muito talentoso e seria um privilégio para nós tê-lo", explicou Agag, que contará com Felipe Massa em 2019 na Fórmula E.

Próxima Fórmula E matéria
Campeão da F-E diz que fãs ficarão chocados com carro novo

Previous article

Campeão da F-E diz que fãs ficarão chocados com carro novo

Next article

Pechito: Renovação com a Dragon é questão de tempo

Pechito: Renovação com a Dragon é questão de tempo
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , Fórmula E
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias