Monger sai do coma e já fala em voltar a correr, diz chefe

Steven Hunter diz que adolescente de 17 anos já está ciente de que sofreu amputações nas duas pernas após grave acidente na Inglaterra

Billy Monger foi retirado do coma induzido e deu indícios de que pretende voltar a correr após perder as duas pernas em um acidente da F4 inglesa, no último domingo (16).

O piloto de 17 anos passou por uma longa cirurgia depois da batida, sendo que, na última quarta-feira, sua família revelou que o inglês sofreu amputações logo abaixo de seus joelhos.

Monger foi retirado do coma de forma temporária antes de passar por uma outra cirurgia, nesta quinta. O chefe de Monger nas pistas, Steven Hunter, esteve ao lado do adolescente e de sua família nesta semana.

“Tivemos momentos realmente positivos. Billy estava respirando por conta própria e conversando até certo nível”, revelou Huntar à Autosport, parceira do Motorsport.com.

“Ele está ciente das suas lesões e ficou, de forma excepcional, otimista com a situação. Ele já pensou em como vai usar uma embreagem com as mãos no volante de um carro. Este é o Billy. Ele tem um longo caminho pela frente e vai passar por algumas dificuldades, mas tenho certeza de que, com a personalidade que ele tem, irá superar tudo”, completou.

Bicampeão da Indy, Alessandro Zanardi perdeu suas duas pernas em um acidente em 2001, mas ainda assim continuou competindo em categorias de turismo com volantes adaptados. Ele também já conquistou medalhas em Paralimpíadas na modalidade de ciclismo de estrada. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 4
Pilotos Billy Monger
Tipo de artigo Últimas notícias