Como Rossi, lembre pilotos que chegaram aos 40 em alto nível

compartilhar
comentários
Como Rossi, lembre pilotos que chegaram aos 40 em alto nível
16 de mar de 2018 12:35

Veja quais das maiores estrelas do esporte a motor se mantiveram correndo de igual para igual com os mais novos apesar da idade avançada

A idade é um empecilho no esporte a motor? Bom, ser mais jovem obviamente ajuda nos reflexos, no preparo físico e na motivação, mas isso não significa que pilotos quarentões não possam dar as caras de vez em quando e fazer bonito.

O tema entra em discussão neste momento graças à renovação de Valentino Rossi com a Yamaha por mais duas temporadas. O ‘doutor’ assegurou com isso que correrá até pelo menos os 41 anos de idade.

Confira agora alguns pilotos que contrariaram a lógica e fizeram bonito (ou tentaram) no esporte a motor na meia idade:

Galeria
Lista

Emerson Fittipaldi

Emerson Fittipaldi
1/8

Foto de: IndyCar Series

Bicampeão da F1, ele viu sua equipe no campeonato naufragando após o ano de 1982. Dois anos depois, ele foi correr na Indy, aos 38 anos de idade. Melhorando ano a ano, aos 42, em 1989, ele venceu a Indy 500 e se sagrou campeão da categoria. Aos 46, em 1993, ele voltou a conquistar a prova, e apenas se aposentou oficialmente da categoria com um acidente nas 500 Milhas de Michigan em 1996, aos 49 anos.

Nigel Mansell

Nigel Mansell
2/8

Foto de: Indianapolis Motor Speedway

Depois de se sagrar campeão na Fórmula 1 aos 39 anos de idade, o britânico se mudou no ano seguinte para a Fórmula Indy e ganhou logo na primeira prova. Mesmo sem participar de uma corrida devido a um acidente, ele se sagrou campeão da temporada com uma prova de antecedência. Em 1994, depois de uma temporada ruim da Newman Haas, ele retornou à F1 para substituir Senna em algumas corridas na Williams, conquistando pole e vitória no GP da Austrália. Em 1995, ele foi confirmado pela McLaren, mas uma série de problemas o fizeram se aposentar após duas provas.

Rubens Barrichello

Rubens Barrichello
3/8

Depois de uma carreira bem sucedida no automobilismo internacional, Barrichello chegou à Stock Car no final do ano de 2012, aos 40 anos. Mesmo com a máxima de que pilotos de Fórmula têm dificuldade para se dar bem em carros de turismo, o piloto se sagrou o campeão de uma das temporadas mais disputadas da história da categoria, em 2014. Rubens continua até hoje no campeonato e soma sete vitórias ao todo e um vice, em 2016.

Max Biaggi

Max Biaggi
4/8

Foto de: Fabrice Crosnier

Rival ferrenho de Rossi nos tempos de MotoGP, o italiano correu profissionalmente até os 41 anos de idade. Max terminou sua carreira em 2012 no Mundial de Superbike com um título conquistado por 0,5 ponto em cima de Tom Sykes. No entanto, o piloto não resistiu, e em 2015 retornou para o mundial por quatro provas aos 44 anos, conquistando um pódio na Malásia.

Michael Schumacher

Michael Schumacher
5/8

Foto de: Andrew Hone / LAT Images

Ok, Schumi como quarentão não teve os melhores resultados. Após aposentar-se da F1 em 2006 na Ferrari com o vice-campeonato, ele retornou em 2010 aos 41 anos para ser piloto da Mercedes por três temporadas. O alemão conquistou apenas um pódio em 58 largadas e foi amplamente superado pelo parceiro Nico Rosberg, não lembrando em nada o heptacampeão que havia surpreendido o mundo de 1991 a 2006.

Stéphane Peterhansel

Stéphane Peterhansel
6/8

Foto de: Peugeot Sport

Lenda dos ralis, o francês é o recordista de vitórias no Rali Dakar. Ele venceu seis vezes nas motos nos anos 90, e foi para os carros a partir de 1999. A mudança teve seus anos de adaptação, mas em 2004, aos 38 anos, ele ganhou pela primeira vez o rali nas quatro rodas. A partir daí, ele triunfou no evento ainda mais cinco vezes como quarentão, de 2007 a 2017.

Carlos Sainz

Carlos Sainz
7/8

Foto de: Peugeot Sport

Bicampeão do WRC aos 30 anos, em 1992, ele continuou competindo ativamente no campeonato até 2004, aos 42. Após isso, ele se focou no Dakar, que venceu em 2010 e em 2018 - aos 55 anos de idade.

Dale Earnhardt

Dale Earnhardt
8/8

Foto de: General Motors

Lenda da NASCAR, o “Intimidator” correu no campeonato até os 49 anos, quando acabou falecendo durante a Daytona 500 de 2001. No entanto, como quarentão seu aproveitamento foi exemplar, vencendo três de seus sete títulos, em 1991, 1993 e 1994 na carreira.

Next article
Aos 13 anos, Diogo Moreira vai disputar Moto4 espanhola

Previous article

Aos 13 anos, Diogo Moreira vai disputar Moto4 espanhola

Next article

VOLTA RÁPIDA: O início da MotoGP e o Brasil em Sebring

VOLTA RÁPIDA: O início da MotoGP e o Brasil em Sebring
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Geral