Monger ainda planeja competir em monopostos

compartilhar
comentários
Monger ainda planeja competir em monopostos
Por: Jack Cozens
13 de jan de 2018 11:02

Piloto que teve que amputar as duas pernas após acidente, diz que ainda planeja guiar em monopostos e perseguir seu "sonho" de competir na Fórmula 1 quando retornar às pistas

Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 celebrates in parc ferme, Billy Monger
Billy Monger in Parc Ferme
Robert Kubica talks to Billy Monger
Terry Grant, stunt driver, and Billy Monger

Billy Monger teve uma perna amputada acima do joelho e a outra abaixo, depois de bater um carro durante uma corrida da F4 britânica, em Donington Park, em abril do ano passado.

Ele guiou um carro novamente pela primeira vez desde o acidente menos de três meses depois e também completou um extenso teste de simulador para se preparar para um retorno.

Falando no palco na Autosport International, Monger disse que ainda tem ambições de retornar aos monopostos.

Com o apoio da Associação de esportes Motorizados, Monger conseguiu mudar uma regra da FIA alterada que anteriormente impedia competidores amputados de competir em categorias internacionais de monopostos.

"Quando eu tinha oito anos, assisti a F1. Foi o que vi, olhei para aqueles caras como sendo os melhores pilotos do mundo", disse Monger. "Não me interpretem mal, fui a Le Mans no início deste ano e adorei cada minuto, mas simplesmente sinto que está no fundo da minha mente o sonho da F1 assistindo pilotos como Lewis Hamilton e Jenson Button.”

"Ter a paixão de continuar nos monopostos é onde eu acho que vou prosperar e estar no meu melhor e então eu adoraria ter a oportunidade de fazer Le Mans assim no futuro. Isso seria fantástico."

Monger, que foi o convidado de Hamilton no GP da Grã-Bretanha no ano passado, acrescentou que o tetracampeão mundial de F1 estava sujeito a críticas desnecessárias de áreas da imprensa.

"Eu sinto que ele tem um pouco de crédito ruim na mídia", acrescentou Monger. "O tempo que passei com ele, era tudo o que eu queria que meu herói fosse.”

"Para mim, observando ele desde os oito anos de idade, não poderia ter pensado em uma maneira melhor de passar o GP da grã-Bretanha em uma melhor companhia.”

"Estou sempre agradecido, e ele ainda mantém contato comigo agora para ver como estou indo e quais são meus planos.”

"Ele tem sido incrível, ele ganha muito na mídia, mas eu não tenho nada além de coisas boas a dizer sobre ele".

Próxima Geral matéria
Autosport lança MotorMarket.com

Previous article

Autosport lança MotorMarket.com

Next article

Race of Champions volta a ter layout da pista em 8

Race of Champions volta a ter layout da pista em 8
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Geral
Pilotos Billy Monger
Autor Jack Cozens
Tipo de matéria Últimas notícias