Na sexta-feira 13, veja 10 momentos de azar no automobilismo

Além do talento e de um bom carro, a sorte também ajuda no automobilismo. Confira aqui alguns momentos em que ela não andou ao lado dos pilotos

Um motor quebrado na última volta, um pneu furado quando a vitória era certa e até mesmo uma pane seca a metros da linha de chegada são apenas alguns exemplos de como a sorte pode abandonar os pilotos. Veja alguns momentos de puro azar separados pelo Motorsport Brasil nesta sexta-feira 13.

 

Em 2008, Felipe Massa venceu no Brasil e comemorou o título da F1 por alguns momentos. Foram poucos momentos de felicidade, pois Lewis Hamilton conseguiu o que precisava, chegar em quinto, em uma ultrapassagem a poucos metros da linha de chegada e arrancou

Em 2008, Felipe Massa venceu no Brasil e comemorou o título da F1 por alguns momentos. Foram poucos momentos de felicidade, pois Lewis Hamilton conseguiu o que precisava, chegar em quinto, em uma ultrapassagem a poucos metros da linha de chegada e arrancou
1/10

Photo by: XPB Images

Rubens Barrichello também não teve muita sorte no GP do Brasil. Em 2003, o brasileiro largou da pole, mas abandonou por causa de uma pane seca na volta 47.

Rubens Barrichello também não teve muita sorte no GP do   Brasil. Em 2003, o brasileiro largou da pole, mas   abandonou por causa de uma pane seca na volta 47.
2/10

Photo by: Brousseau Photo

Na Indy 500 de 2011, J.R. Hildebrand estava com a vitória nas mãos, mas bateu no muro, na última curva da última volta e deu a vitória a Dan Wheldon.

Na Indy 500 de 2011, J.R. Hildebrand estava com a vitória nas mãos, mas bateu no muro, na última curva da última volta e deu a vitória a Dan Wheldon.
3/10

Nas 24 horas de Le Mans de 2016, a Toyota estava liderando tranquila, até seu carro quebrar na última volta.

Nas 24 horas de Le Mans de 2016, a Toyota estava liderando tranquila, até seu carro quebrar na última volta.
4/10

Photo by: Simon Winson

No GP da Espanha de 2001, Mika Hakkinen estava prestes a tomar a ponta de Michael Schumacher, mas seu carro quebrou na última volta e o finlandês abandonou.

No GP da Espanha de 2001, Mika Hakkinen estava prestes a tomar a ponta de Michael Schumacher, mas seu carro quebrou na última volta e o finlandês abandonou.
5/10

Photo by: DaimlerChrysler

No GP da Hungria de 1997, Damon Hill liderava, mas enfrentou problemas hidráulicos em sua Arrows e teve de se contentar com o terceiro lugar.

No GP da Hungria de 1997, Damon Hill liderava, mas enfrentou problemas hidráulicos em sua Arrows e teve de se contentar com o terceiro lugar.
6/10

Photo by: LAT Images

No GP de Dallas de 1984, Nigel Mansell ficou sem combustível a poucos metros da linha de chegada. Em um ato de desespero, desceu do carro para empurrá-lo, mas desmaiou e acabou em sexto.

No GP de Dallas de 1984, Nigel Mansell ficou sem combustível a poucos metros da linha de chegada. Em um ato de desespero, desceu do carro para empurrá-lo, mas desmaiou e acabou em sexto.
7/10

No GP da França de 1972, Chris Amon largou da pole, disparou na frente, mas um pneu furado tirou a vitória do neozelandês.

No GP da França de 1972, Chris Amon largou da pole, disparou na frente, mas um pneu furado tirou a vitória do neozelandês.
8/10

Photo by: Pedro Arroyo

No GP de Paul Ricard de 1980, Jacques Laffite tinha tudo para vencer, largou da pole e abriu 13 segundos sobre Alan Jones, mas foi traído pelo desgaste dos pneus e acabou em terceiro.

No GP de Paul Ricard de 1980, Jacques Laffite tinha tudo para vencer, largou da pole e abriu 13 segundos sobre Alan Jones, mas foi traído pelo desgaste dos pneus e acabou em terceiro.
9/10

No GP da Hungria de 1995, Taki Inoue foi atropelado por um carro dos comissários de pista quando tentava apagar um princípio de incêndio em seu Footwork.

No GP da Hungria de 1995, Taki Inoue foi atropelado por um carro dos comissários de pista quando tentava apagar um princípio de incêndio em seu Footwork.
10/10

Photo by: LAT Images
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Geral
Tipo de artigo Últimas notícias