Hellmeister não corre risco de ter sequelas, diz comunicado

compartilhar
comentários
Hellmeister não corre risco de ter sequelas, diz comunicado
27 de set de 2018 18:32

Alan Hellmeister, que sofreu um forte acidente na etapa de Monza do International GT Open, no último domingo, segue se recuperando das lesões no hospital, embora exames descartem a possibilidade de sequelas ao piloto.

Hellmeister colidiu forte contra o guard-rail logo após a bandeirada, o que provocou fraturas em suas duas pernas. Imediatamente o piloto foi transportado ao hospital San Gerardo, próximo à pista, onde passou por cirurgias e se recupera na UTI.

De acordo com comunicado divulgado pela assessoria de Hellmeister, o piloto já foi extubado e respira totalmente sem ajuda de aparelhos. Ele segue consciente, inclusive tendo recebido visitas de familiares e amigos.

O comunicado também acrescenta que Hellmeister deverá passar por novas cirurgias para corrigir as lesões nas pernas e pés, embora os exames realizados evidenciem que não deverá haver sequelas que afetem sua mobilidade.

Além disso, a organização do International GT Open confirmou que uma torcedora também passou por exames no hospital após ter sido atingida por detritos no acidente, mas ela já recebeu alta.

Hellmeister, de 32 anos, teve passagens por F-Renault Brasil e F3 Sul-Americana, além de curta trajetória na Stock Car.

Próxima GT Open matéria
Vídeo: brasileiro fratura pernas em acidente em Monza

Previous article

Vídeo: brasileiro fratura pernas em acidente em Monza

Next article

Hellmeister já fala, respira e se alimenta normalmente

Hellmeister já fala, respira e se alimenta normalmente
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria GT Open
Tipo de matéria Últimas notícias