Alonso: quali em Daytona “o menos importante da minha vida”

Espanhol, 13º, aposta no desenvolvimento da corrida em 24 horas e admite surpresa com ritmo apresentado

Fernando Alonso se mostrou satisfeito com sua primeira classificação realizada em uma corrida de protótipos pouco antes de sua estreia nas 24 Horas de Daytona, quando ficou a menos de 1s da pole position.

O astro da F1 registrou volta a 0s925 da pole, sendo que seu Ligier JS P217, da equipe United Autosport, claramente não possuía ritmo para ficar no top 10.

Contudo, ele se mostrou feliz com sua performance ao bater outros pilotos da LMP2 logo em sua primeira tentativa.

“Sabendo que é uma corrida de 24 horas, foi provavelmente a classificação menos importante da minha vida até agora”, brincou. “Normalmente eu tenho 60 ou 70 voltas para me recuperar do resultado da classificação; no sábado, teremos 24 horas.”

“A classificação não foi o ponto chave deste fim de semana, espero eu.”

Alonso iniciará a prova na 13ª posição, atrás de cinco dos dominantes Oreca da LMP2, mas à frente de um deles e de outros dois Ligiers do pelotão – incluindo o outro carro da United, guiado por Bruno Senna.

“Acho que foi uma boa sessão para nós”, disse o espanhol. “Foi legal enfim ter algumas voltas com o carro, sem tráfego. Nos treinos livres havia muito tráfego e muita coisa acontecendo, mas, na classificação dos protótipos, você pode emendar algumas voltas e se acostumar com o carro um pouco mais.”

“Fiquei feliz com as voltas, mais ou menos feliz com o equilíbrio. Ainda precisamos melhorar um pouco para encontrar mais velocidade. No geral, acho que precisamos de um bom trabalho.”

“Estou feliz por ser o Ligier mais rápido, com boa margem. Temos caras de ponta em nossa equipe – Bruno Senna é campeão mundial na LMP2 e está no outro carro. Nos sentimos competitivos e alcançamos o máximo.”

Banco de dados para futuro em Le Mans

Alonso destacou que seu objetivo para este fim de semana é ganhar experiência diante de um futuro que provavelmente irá incluir uma tentativa nas 24 Horas de Le Mans.

“Eu sabia antes de vir aqui que o pacote que temos não é o mais rápido. Mas, ao mesmo tempo, acho que é uma corrida longa o bastante para se recuperar da falta de ritmo que você pode ter. Somos uma equipe muito nova, com dois novatos no carro – Lando [Norris] e eu, muito a aprender.”

“Também é bom não ter a pressão de ser supercompetitivo e super-rápido. É uma experiência de aprendizado, uma corrida de aprendizado, uma preparação para se, um dia, eu tentar as 24 Horas de Le Mans.”

“Eu preciso respeitar a corrida e sei que há muitos caras com mais experiência que eu, mais bem preparados que eu. Então, se eu quiser estar mais preparado que eles, este fim de semana é a oportunidade perfeita.”

“Ao mesmo tempo, alguns dos melhores pilotos da LMP2 que há por aí estão atrás de nós. Então, foi uma surpresa para nós na classificação ser tão rápido, então estou bem feliz.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IMSA
Evento 24 Horas de Daytona
Pista Daytona International Speedway
Pilotos Fernando Alonso
Equipes United Autosports
Tipo de artigo Últimas notícias