Alonso se diz “muito mais bem preparado” para tentar Le Mans

Espanhol diz que chance de disputar prova francesa subiu para “60-40” e afirma que, caso isso aconteça, terá vantagem de não ser um completo estreante

Fernando Alonso admitiu que se sente “muito mais preparado” para uma potencial participação nas 24 Horas de Le Mans depois de fazer sua estreia em provas de longa duração pelas 24 Horas de Daytona.

O piloto da McLaren teve sua participação atrapalhada por problemas no Ligier JS P217 #23 da United Autosports, o que o fez sair do grupo dos cinco melhores devido a uma falha nos freios.

Ao lado dos parceiros, Lando Norris e Phil Hanson, Alonso terminou em 38º no geral, 91 voltas atrás do Cadillac da Action Express que ficou com a vitória.

Apesar do resultado final ruim, Alonso disse que a experiência foi valiosa, indicando que as chances de participar da prova de Le Mans subiu para “60-40” depois de dizer que era de “50-50” no início da semana.

“Como preparação, com certeza sim”, disse Alonso, quando questionado se sentiu que a participação em Daytona lhe deu o necessário para se sentir confiante para Le Mans.

“As trocas de piloto, comunicação, a preparação entre os stints, o quanto de descanso que é necessário, o quanto você precisa estar na garagem, o foco que você precisa ter na corrida, como se preparar para entrar no carro...”

“Como disse quando cheguei a Indianápolis: era minha primeira prova em oval, a primeira vez que eu fazia muita coisa. Se e quando eu estiver em Le Mans, será a minha segunda vez, então estarei muito mais bem preparado.”

Ele acrescentou: “A próxima vez que eu entrar em um carro de cockpit fechado, sei qual é a sensação, a situação com o tráfego, como é guiar à noite, sei como é o safety car.”

“Sei de coisas agora que eu não sabia antes, então essa foi um das metas para esse evento.”

Alonso também indicou que provavelmente retornaria a Daytona para mais uma tentativa na prova americana. “Acho que sim”, disse, quando questionado pelo Motorsport.com sobre a possibilidade.

“É uma corrida em janeiro, quando normalmente o calendário do automobilismo é bem vazio. É um momento em que acho que é conveniente para nós, pilotos, virmos aqui correr.”

“É uma corrida icônica, uma pista de prestígio e em uma fase do ano em que estamos bem relaxados, normalmente nos preparando para nossa temporada, independentemente da categoria em que você estiver.”

“Em vez de estar em uma bicicleta ou na academia, você está pilotando, então é muito melhor.”

Reportagem adicional de Gary Watkins

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IMSA , Le Mans
Evento 24 Horas de Daytona
Pista Daytona International Speedway
Pilotos Fernando Alonso
Equipes United Autosports
Tipo de artigo Últimas notícias