Nissan vence prova de Petit Le Mans; Castroneves é 3º

Corrida de 10 horas foi marcada por punições nos minutos finais, incluindo ao carro de Pipo Derani

Brendon Hartley, Ryan Dalziel e Scott Sharp ganharam a 20ª edição da prova de Petit Le Mans em Road Atlanta, pelo WeatherTech SportsCar Championship, neste sábado. O triunfo veio somente após os companheiros de ESM Nissan e da Action Express receberam punições nos minutos finais da corrida de 10 horas de duração.

Pipo Derani, no carro #22, foi considerado culpado pelo toque no Ford GT de Ryan Briscoe para fora da pista, e recebeu um drive-through. Companheiro de Derani na equipe, Bruno Senna ficou inconformado com a punição que, segundo ele, lhes custou a vitória.

“Fazem uma relargada à noite com os protótipos um atrás do outro e o pessoal de GT logo à frente. Não podia dar certo, porque tem vários pilotos amadores que não sabem muito bem o que estão fazendo. Além disso, houve diversos toques sem qualquer penalidade. É terrível você se matar para fazer o seu trabalho e ver a vitória, que era a razão de todo esse esforço, nos ser retirada dessa maneira”, protestou.

Enquanto isso, Filipe Albuquerque no carro #5 recebeu uma punição de parada nos pits, por jogar Dane Cameron fora da pista durante o último reinício.

Derani e Albuquerque terminaram em quarto e quinto lugares, respectivamente.

Assim, Cameron, Eric Curran e Mike Conway ocuparam o segundo lugar no #31, 7.6 segundos atrás de Hartley e menos de meio segundo à frente do time de Helio Castroneves, Juan Pablo Montoya e Simon Pagenaud.

Mesmo abandonando pela primeira vez no campeonato, os irmão Taylor garantiram o título da temporada 2017 dos Protótipos.

BMW na GTLM

Na GT Le Mans, houve uma batalha emocionante pela vitória entre o BMW de Alexander Sims e o Corvette #3 de Antonio Garcia, com SIms levando a melhor.

Briscoe não poderia fazer parte da briga, após o choque com Derani, nem a Risi Competizione, depois que Giancarlo Fisichella foi punido por passar do limite de velocidade nos pits. O parceiro de Fisichella, Toni Vilander, terminou 16 segundos atrás de Garcia, em terceiro.

Na GT Daytona, a Land Motorsport assumiu o comando da corrida nas últimas três horas e Connor de Phillippi, Christopher Mies e Sheldon van der Linde foram os melhores.

Eles terminaram com impressionantes 15.5 segundos à frente do Porsche de Daniel Morad, Michael Christensen e Michael Quesada.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IMSA
Evento Petit Le Mans
Pista Road Atlanta
Pilotos Ryan Dalziel , Scott Sharp , Brendon Hartley
Tipo de artigo Relato da corrida