Nissan vence prova de Petit Le Mans; Castroneves é 3º

compartilhar
comentários
Nissan vence prova de Petit Le Mans; Castroneves é 3º
8 de out de 2017 12:01

Corrida de 10 horas foi marcada por punições nos minutos finais, incluindo ao carro de Pipo Derani

P podium: winners Scott Sharp, Ryan Dalziel, Brendon Hartley, Tequila Patrón ESM, second place Eric Curran, Dane Cameron, Mike Conway, Action Express Racing, third place Helio Castroneves, Simon Pagenaud, Juan Pablo Montoya, Team Penske
#2 Tequila Patrón ESM Nissan DPi: Scott Sharp, Ryan Dalziel, Brendon Hartley takes the win
#2 Tequila Patrón ESM Nissan DPi: Scott Sharp, Ryan Dalziel, Brendon Hartley
Start: #2 Tequila Patrón ESM Nissan DPi: Scott Sharp, Ryan Dalziel, Brendon Hartley leads
#2 Tequila Patrón ESM Nissan DPi: Scott Sharp, Ryan Dalziel, Brendon Hartley
Start: #2 Tequila Patrón ESM Nissan DPi: Scott Sharp, Ryan Dalziel, Brendon Hartley leads
#2 Tequila Patrón ESM Nissan DPi: Scott Sharp, Ryan Dalziel, Brendon Hartley

Brendon Hartley, Ryan Dalziel e Scott Sharp ganharam a 20ª edição da prova de Petit Le Mans em Road Atlanta, pelo WeatherTech SportsCar Championship, neste sábado. O triunfo veio somente após os companheiros de ESM Nissan e da Action Express receberam punições nos minutos finais da corrida de 10 horas de duração.

Pipo Derani, no carro #22, foi considerado culpado pelo toque no Ford GT de Ryan Briscoe para fora da pista, e recebeu um drive-through. Companheiro de Derani na equipe, Bruno Senna ficou inconformado com a punição que, segundo ele, lhes custou a vitória.

“Fazem uma relargada à noite com os protótipos um atrás do outro e o pessoal de GT logo à frente. Não podia dar certo, porque tem vários pilotos amadores que não sabem muito bem o que estão fazendo. Além disso, houve diversos toques sem qualquer penalidade. É terrível você se matar para fazer o seu trabalho e ver a vitória, que era a razão de todo esse esforço, nos ser retirada dessa maneira”, protestou.

Enquanto isso, Filipe Albuquerque no carro #5 recebeu uma punição de parada nos pits, por jogar Dane Cameron fora da pista durante o último reinício.

Derani e Albuquerque terminaram em quarto e quinto lugares, respectivamente.

Assim, Cameron, Eric Curran e Mike Conway ocuparam o segundo lugar no #31, 7.6 segundos atrás de Hartley e menos de meio segundo à frente do time de Helio Castroneves, Juan Pablo Montoya e Simon Pagenaud.

Mesmo abandonando pela primeira vez no campeonato, os irmão Taylor garantiram o título da temporada 2017 dos Protótipos.

BMW na GTLM

Na GT Le Mans, houve uma batalha emocionante pela vitória entre o BMW de Alexander Sims e o Corvette #3 de Antonio Garcia, com SIms levando a melhor.

Briscoe não poderia fazer parte da briga, após o choque com Derani, nem a Risi Competizione, depois que Giancarlo Fisichella foi punido por passar do limite de velocidade nos pits. O parceiro de Fisichella, Toni Vilander, terminou 16 segundos atrás de Garcia, em terceiro.

Na GT Daytona, a Land Motorsport assumiu o comando da corrida nas últimas três horas e Connor de Phillippi, Christopher Mies e Sheldon van der Linde foram os melhores.

Eles terminaram com impressionantes 15.5 segundos à frente do Porsche de Daniel Morad, Michael Christensen e Michael Quesada.

Próxima IMSA matéria
Penske-Acura pode ser destino de Button no IMSA

Previous article

Penske-Acura pode ser destino de Button no IMSA

Next article

Montoya espera lutar pela vitória em Petit Le Mans

Montoya espera lutar pela vitória em Petit Le Mans

Sobre esta matéria

Categoria IMSA
Evento Petit Le Mans
Localização Road Atlanta
Pilotos Ryan Dalziel , Scott Sharp , Brendon Hartley
Tipo de matéria Relato da corrida