Piloto descobre que casa foi roubada durante 24H de Daytona

Townsend Bell, quinto colocado na classe GTD, teve anéis da Indy 500 e relógio por vitória em 2014 roubados por assaltantes

A edição de 2018 das 24 Horas de Daytona foi para o piloto Townsend Bell esquecer. Além de ficar chateado por não conquistar a vitória, o americano ainda teve uma surpresa desagradável a mais: quando retornou para casa, descobriu que havia sido roubado.

Bell, piloto com passagens por Champ Car/Indy, 24 Horas de Le Mans e até em testes de F1, disputou a corrida na Flórida na classe GT Daytona, com uma Ferrari 488 GT3. Ao lado de Bill Sweedler, Sam Bird e Frankie Montecalvo, ele terminou a prova na quinta posição da categoria, cinco voltas atrás do vencedor.

Quando voltou para sua casa, na Califórnia, Bell não gostou do que viu. “Decepcionante não vencer outras 24 Horas de Daytona. Ainda mais decepcionante é chegar em casa depois de 36 horas e descobrir que ela foi roubada”, escreveu, em sua conta no Twitter.

“Roubaram meu Rolex Daytona de 2014 e dez anéis das 500 Milhas de Indianápolis. Por favor, fiquem de olho no eBay ou em casa de penhores”, alertou o piloto, ainda com esperança de reaver seus bens.

Bell venceu as 24 Horas de Daytona justamente em 2014, quando foi presenteado com o relógio de luxo da patrocinadora da prova. Ele também já participou de dez edições das 500 Milhas de Indianápolis e tem como destaque um quarto lugar em 2009. 

 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IMSA
Pilotos Townsend Bell
Tipo de artigo Últimas notícias