Stroll entra em “supertime de jovens” nas 24H de Daytona

Piloto canadense está próximo de ser confirmado em protótipo da Jackie Chan Racing e se tornar o segundo integrante da F1 em tradicional corrida de janeiro

Lance Stroll deverá se tornar o segundo piloto da F1 atual, ao lado de Fernando Alonso, a se juntar à disputa das 24 Horas de Daytona, em janeiro.

Entende-se que o piloto da Williams fará parte de uma superequipe de pilotos jovens que utilizará um Oreca 07 LMP2 da equipe Jackie Chan DC, que venceu na classe nas 24 Horas de Le Mans.

Espera-se que o canadense tenha ao seu lado Felix Rosenqvist, da Fórmula E, Robin Frijns e Daniel Juncadella, respectivamente pilotos de fábrica de Audi e Mercedes nos GTs.

Stroll possui conexões com os três pilotos através de empresa de gerenciamento de carreira e coaching.

Rosenqvist foi parceiro de equipe e mentor de Stroll na F3 Europeia, em 2015, e continuou a aconselhar o canadense na temporada em que conquistou o título, no ano seguinte.

A Jota Sport, que gerencia a DC Racing, não fez comentários a respeito – ela confirmou os planos de usar dois carros sob o nome Jackie Chan DC, mas não deu detalhes quanto a pilotos.

A notícia de que Stroll deverá competir em Daytona vem à tona após Alonso testar um Ligier JS P217, da equipe United Autosports, com o qual competirá na prova em janeiro.

O espanhol testou o carro na última terça-feira, em Aragón, apenas dois dias após experimentar o TS050 Hybrid, da classe LMP1, no Bahrein. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IMSA
Pilotos Lance Stroll
Tipo de artigo Últimas notícias