Zanardi elogia Farfus após vitória em Daytona: “o que ele fez foi incrível”

compartilhar
comentários
Zanardi elogia Farfus após vitória em Daytona: “o que ele fez foi incrível”
Por:
29 de jan de 2019 13:16

Italiano também disse que experiência na corrida de 24 horas foi "muito mais doce do que amarga", apesar dos problemas da BMW na categoria GTLM

A BMW foi a grande vencedora da classe GTLM das 24 Horas de Daytona, com Connor de Phillippi, Colton Herta, Philipp Eng e Augusto Farfus no carro #25.

Mas o carro #24 que Alex Zanardi compartilhou com Jesse Krohn, John Edwards e Chaz Mostert foi atormentado por problemas que o deixaram em nono e último, 18 voltas atrás do outro carro do time.

Zanardi e seus companheiros de equipe enfrentaram problemas na noite de sábado, quando o italiano estava prendendo seu volante especialmente adaptado com controles manuais.

Isso foi agravado por um furo de pneu, quando Krohn competia durante à noite, que mandou o #24 de volta aos boxes para reparos mais demorados.

"Devo dizer agridoce, mas na realidade foi muito mais doce do que amarga", disse Zanardi, duas vezes campeão da CART e herói paraolímpico, quando questionado sobre sua emoção após a corrida.

“É claro que, do ponto de vista esportivo, é um pouco amargo. Estávamos buscando um resultado que, acredito, fosse tecnicamente viável. O time era forte, tão forte quanto o carro #25.”

“Inicialmente tivemos esse obstáculo ruim que nos colocou oito voltas atrás do líder, e então houve uma corrida de recuperação e estávamos a apenas três voltas de distância, então certamente era possível mudar.”

“A velocidade estava lá, não era uma questão de não ter a velocidade, e se tivéssemos voltado para a volta do líder, quem sabe? Com tudo o que aconteceu no final da corrida, acho que tudo teria sido possível.”

Zanardi disse que estava "muito feliz" por seus companheiros de equipe, e reservou elogios especiais a Augusto Farfus.

O brasileiro colocou o #25 em uma posição vencedora no final da corrida, passando o Porsche de Laurens Vanthoor e a Ferrari de James Calado em condições traiçoeiras por causa da chuva incessante.

"Pessoalmente, acho que mesmo que tivesse 10 pernas, não teria conseguido fazer o que Augusto fez nas últimas duas horas", brincou Zanardi. “Para mim é incrível.

“Eu disse a ele há dois dias: 'O que você fez em Macau, aos meus olhos, é tão grande quanto Lewis Hamilton vencer o Campeonato Mundial de F1'.”

"Acho que o que ele fez foi incrível, e eu disse a ele hoje: 'O que você fez hoje é mais do que você fez [em Macau]’. Ele realmente guiou muito.”

Next article
Alonso queria paralização de prova em Daytona quando estava em 2º

Previous article

Alonso queria paralização de prova em Daytona quando estava em 2º

Next article

Maldonado classifica primeira vitória em protótipos como “especial”

Maldonado classifica primeira vitória em protótipos como “especial”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IMSA
Evento 24 Horas de Daytona
Pilotos Alex Zanardi
Equipes Rahal Letterman Lanigan Racing
Autor Jamie Klein