Alonso diz que teste na Indy não define planos de 2019

compartilhar
comentários
Alonso diz que teste na Indy não define planos de 2019
Por: Tom Errington
Co-autor: Pablo Elizalde
1 de set de 2018 22:32

Espanhol diz que teste na Indy logo após anunciar saída da Fórmula 1 é uma "coincidência" e que não influenciará sua decisão

O Motorsport.com informou no início deste mês que Fernando Alonso provavelmente testaria um carro de 2018 da Indy com o apoio da Andretti em Barber no dia 5 de setembro, após a prova em Portland, neste fim de semana, e isso já foi confirmado pelo CEO da McLaren, Zak Brown.

Alonso então admitiu durante o final de semana do Campeonato Mundial de Endurance da FIA em Silverstone que o teste era uma "opção" antes da McLaren confirmar o teste privado na sexta-feira.

O piloto da McLaren diz que o teste na Indy foi programado há meses, o que significa que não está ligado ao seu futuro pós-F1.

"É um pouco de coincidência que eu anunciei que estava deixando a F1 e agora estou fazendo este teste, mas foi programado há meses e, portanto, as pessoas estão falando mais sobre isso", disse ele.

"Eu gosto de testar todos os tipos de carros. No ano passado, a Andretti queria que eu testasse o carro com uma configuração de pista.”

"Não tivemos tempo, e este ano temos a chance, mas não é um dia decisivo para o ano que vem para decidir se eu faço ou não a Indy.”

"É apenas um teste para me divertir e ver como são os carros com uma configuração normal.”

"Mas minha decisão para o próximo ano não será baseada na quarta-feira [o dia do teste]. Na quinta-feira eu não terei uma imagem mais clara. Mais ou menos eu tenho tudo decidido na minha cabeça."

Prazo final para decisão da McLaren

Confirmando o teste em Barber de Alonso, Brown disse que a McLaren tomará uma decisão sobre um futuro potencial na Indy em setembro, já que pesa se compete em tempo integral na série ou apenas na Indy 500.

"Fernando está testando na próxima quarta-feira em um carro da Andretti em Barber e isso é para ele avaliar como é um carro da Indy em uma pista mista", disse Brown.

"A partir daí ele vai começar a tomar uma decisão sobre o que ele quer fazer no próximo ano e claramente, a Indy é uma das categorias em consideração. Acho que vamos tomar uma decisão em algum momento deste mês.”

"Em última análise há três decisões que precisamos tomar em setembro."

A exploração da McLaren na IndyCar envolveu conversas com a Honda e Chevrolet sobre um fornecimento de motores, e o Motorsport.com apurou que a montadora americana está na frente.

Isso poderia ser uma complicação potencial para a Andretti, que usa motores Honda.

Outras opções sugeridas incluem a aquisição da equipe Harding Racing, que está lutando financeiramente, ou uma parceria com a Ed Carpenter Racing, com motor Chevrolet.

A McLaren havia se aproximado tanto Will Power, da Penske, e de Scott Dixon, da Ganassi, mas ambos optaram em assinar novos acordos com seus times atuais.

Apesar do prazo de setembro delineado por Brown, Alonso afirmou anteriormente que não tomaria uma decisão sobre seu futuro pós-F1 até "talvez outubro".

Entrevistas por Jonathan Noble, Adam Cooper, Scott Mitchell

Próxima IndyCar matéria
Alonso diz que seu futuro está "mais ou menos" decidido

Previous article

Alonso diz que seu futuro está "mais ou menos" decidido

Next article

Power lidera 1-2 da Penske em Portland; brasileiros vão mal

Power lidera 1-2 da Penske em Portland; brasileiros vão mal
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Autor Tom Errington
Tipo de matéria Últimas notícias