"Alonso tem a mesma dedicação de Schumacher", diz Brown

compartilhar
comentários
Por: Heiko Stritzke
Co-autor: Mario Fritzsche
Traduzido por: Daniel Betting
28 de jan de 2018 16:01

O CEO da McLaren, Zak Brown, elogiou o profissionalismo de Alonso, comparou-o com Schumacher e disse que Scott Dixon lembra o espanhol

#23 United Autosports Ligier LMP2: Phil Hanson, Lando Norris, Fernando Alonso
Fernando Alonso, United Autosports
Michael Schumacher
Race winner Michael Schumacher, Ferrari F2001
Scott Dixon, Chip Ganassi Racing Honda
Scott Dixon, Chip Ganassi Racing Honda

Zack Brown disputando as 24 Horas de Daytona com sua equipe, a United Autosports, na corrida que abre a temporada 2018 do IMSA.

Falando em coletiva de imprensa, Brown apontou a possibilidade de que pilotos de outras categorias, como a IndyCar, pudessem chegar à Fórmula 1. E disse que não concorda que, com determinadas idades, você não pode aprender novos desafios.

"Eu acho que o que acontece com os pilotos é que às vezes eles perdem motivação, é isso que os atrapalha", disse. "É por isso que se você olhar para alguém como Michael Schumacher, ele era muito competitivo até aos 40 anos".

"Na verdade, se ele não tivesse se aposentado e não estivesse ficado fora durante alguns anos, ele não perderia os décimos de segundo que lhe faltavam quando ele voltou em 2010. Ele não estaria fora do ritmo e teria 40 anos".

"Fernando [Alonso] tem o mesmo tipo de dedicação, acho que ele está pilotando melhor do que nunca e só porque ele vai completar 37 anos este ano, não acho que o cronômetro não será mais lento para ele".

Brown se mostrou contrário à opinião do diretor da Haas, Gunther Steiner, que disse que não há um piloto americano preparado para entrar na F1. Ele reconheceu, porém, que não seria fácil chegar ao topo do automobilismo vindo de outra categoria.

"O maior desafio que você enfrenta é a falta de testes", disse Brown. "Você só tem oito sessões de pré-temporada e com um carro, então você tem que girar os pilotos. Tirar um dia dos quatro de Fernando e outro de Stoffel não faz sentido".

"Então, até que as regras de F1 mudem, será difícil para um piloto que está fora da F1 ou da Fórmula 2 chegar, porque eles começam com uma grande desvantagem".

"O sistema não permite que ninguém chegue, então acho óbvio que Toro Rosso promova alguém como Brendon Hartley porque é uma decisão arriscada, mas ele conhece todos os circuitos".

"Especificamente, acho que Josef Newgarden é um excelente talento, e Scott Dixon é um excelente talento".

"Alguém como Scott Dixon me faz lembrar de Fernando. Ambos são extremamente adequados, têm muita dedicação, são tão rápidos como nunca e acho que Scott seria competitivo em um carro de Fórmula 1".

Próxima IndyCar matéria
Bourdais: "Danica vai voltar forte à Indy 500"

Previous article

Bourdais: "Danica vai voltar forte à Indy 500"

Next article

Castroneves promete correr Indy 500 "nos próximos anos"

Castroneves promete correr Indy 500 "nos próximos anos"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Fernando Alonso Shop Now , Scott Dixon
Autor Heiko Stritzke
Tipo de matéria Últimas notícias