Apesar de rumores, Castroneves pode permanecer na Indy

Com futuro rondado por incertezas, piloto brasileiro pode continuar com quarto carro da equipe Penske

Após rumores darem conta durante toda a temporada 2017 da Indy de que a Penske reduziria sua estrutura no campeonato do ano que vem de quatro para três carros, tirando assim do time o brasileiro Hélio Castroneves – que corre pela equipe desde o ano 2000 - uma reviravolta pode fazer o brasileiro seguir para sua 19ª temporada pelo time de Roger Penske.

Castroneves tinha tudo para seguir para o time da Penske no IMSA WeatherTech e competir em um Acura ARX-05 em 2018, mas se confessou frustrado com a possibilidade apesar de ter uma participação na Indy 500 confirmada. Ele e Roger Penske deverão discutir seu futuro apenas após a corrida final da Indy, a ser disputada neste final de semana em Sonoma.

Questionado sobre se esta seria sua última corrida em Sonoma, Castroneves disse: "Espero que não. Eu definitivamente quero voltar a Sonoma, sem dúvida sobre isso”.

"Mas a equipe e eu queremos nos concentrar 100% nesta última corrida, especialmente por causa do que aconteceu em Watkins Glen. Josef teve um problema lá e o campeonato tornou-se ainda mais próximo.”

"São sensações mistas para mim, porque eu realmente tenho uma chance - minha chance - mas, ao mesmo tempo, Scott (Dixon) está lá também.”

"Mas, o que quer que aconteça no futuro, confie em mim: Estarei de volta aqui em Sonoma."

Perguntado se seria pela IndyCar, Castroneves sorriu e disse: "Agora, essa é outra história. Ainda não sabemos. Vamos ver. Continua."

Várias fontes confiáveis informaram ao Motorsport.com de que os engenheiros da equipe e os chefes foram informados de que continuarão como uma equipe de quatro carros na IndyCar.

A Chevrolet também acredita que Roger Penske não irá reduzir seu time. Todos as nove vitórias da Chevy na IndyCar nesta temporada vieram dos pilotos da Penske. E com a Andretti Autosport preferindo ficar com a Honda após conversas com a Chevy, a montadora estaria interessada em reter os quatro pilotos da Penske. A Chevrolet conquistou 66 vitórias nas últimas 100 corridas, 37 delas pela Penske.

Embora não responda a uma pergunta especificamente sobre a situação da Penske e Castroneves, o vice-presidente de veículos de performance da GM, Jim Campbell, disse ao Motorsport.com: "Em última análise, é a decisão do proprietário da equipe, mas em um nível amplo, em todos os campeonatos nós trabalhamos próximos aos donos das equipes sobre a seleção de pilotos".

Um dono de equipe rival que não quis ser nomeado, falou: "Por um lado, eu pessoalmente nunca vi nenhuma evidência dos rumores de que Roger iria reduzir seu time a três carros.”

"E se ele vai ficar com quatro, por que ele não ficaria com Hélio? Ele é ótimo para os patrocinadores, muito popular entre os fãs e acho que provavelmente está dirigindo melhor agora do que em qualquer momento de sua carreira.”

"Ele é a escolha óbvia. Esses quatro carros estão obtendo resultados fortes, então por que você mudaria algo com as coisas indo tão bem?"

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Pilotos Helio Castroneves
Equipes Team Penske
Tipo de artigo Últimas notícias