Após "corrida maluca" Helinho fica mais perto do título

Com 49 pontos de vantagem para Scott Dixon, brasileiro pode ser campeão já na próxima etapa, em Houston

Helio Castroneves ampliou ainda mais sua vantagem na ponta do campeonato da Fórmula Indy mesmo passando por um pouco de tudo na etapa de Baltimore, 16ª da temporada. O piloto da Penske trocou por duas vezes o aerofólio dianteiro depois de toques, atropelou um mecânico durante o pit stop, sofreu duas punições e chegou a cair para a última posição. Ainda assim, chegando em nono, foi ajudado pelo abandono de Scott Dixon, tirado da prova por Will Power.

"Uau, que corrida louca!", definiu. “Primeiro tenho que pedir desculpas a Doug [Snyder, mecânico atropelado na parada]. Fico feliz porque ele parece estar bem. Estava muito escorregadio nos boxes e eu deslizei. Não tenho realmente certeza do que aconteceu", explicou.

 Mesmo com a prova acidentada, Helinho abriu 49 pontos para Dixon com três corridas para o final. "Quero agradecer à Penske por nunca ter desistido. Fico feliz porque, até agora, fomos capazes de terminar no top-10 e manter nossa liderança no campeonato. Agora, vamos voltar nossas atenções para Houston. Será uma grande corrida para nós", lembrou o piloto, que pode ser campeão já na próxima etapa.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias