Bourdais rebate chefe da Haas: “F1 vive em uma bolha”

compartilhar
comentários
Bourdais rebate chefe da Haas: “F1 vive em uma bolha”
Por: Glenn Freeman
20 de jan de 2018 11:43

Piloto francês, ex-F1 e atualmente na Indy, entende irritação de pilotos americanos e reconhece que ele próprio não ajudou na causa

Piloto da Indy e ex-F1, Sebastien Bourdais rebateu os comentários do chefe da Haas, Gunther Steiner, que disse que não havia pilotos americanos prontos para competir na F1 no momento.

A Haas, única equipe americana da F1, se juntou ao grid em 2016, mas até agora o único piloto do país que guiou seus carros foi o jovem Santino Ferrucci, que fez apenas quatro dias de testes.

Steiner disse ao Motorsport.com recentemente que a busca por um piloto americano “não estava no topo de sua lista”, acrescentando que, “no momento, ninguém dos Estados Unidos está pronto para a F1 em sua opinião”.

Bourdais, quatro vezes campeão da Champ Car e que fez 27 largadas pela Toro Rosso, disse que é compreensível a irritação dos pilotos americanos com as declarações.

“Claramente não há consideração”, disse o francês ao site oficial da Indy. “Eles [F1] estão em sua pequena bolha, na sua própria ilha. Ou você joga o jogo deles e é avaliado no jogo deles, ou você não é sequer considerado.”

“Eu entendo completamente que os pilotos americanos tenham levado para o pessoal, porque não é justo. Mas desde quando a F1 é justa? Nunca foi. Você não pode negar que o topo do automobilismo de fórmula é a F1, e você não pode culpar ninguém por querer uma chance para experimentar,”

Bourdais admitiu que as passagens decepcionantes de nomes do automobilismo americano pela F1, como Alex Zanardi e até ele próprio, não ajudaram na avaliação dos pilotos da categoria. 

“Precisei de quatro campeonatos nos Estados Unidos e um na F3000 para finalmente ter uma chance. E, obviamente, não ajudei muito os americanos, porque fracassei!”

“Você vê a forma com que as pessoas analisam os pilotos da Indy, e Zanardi veio antes de mim [não marcou pontos com a Williams, em 99, depois de doist títulos seguidos na CART] e coisas do tipo. Isso não foi um conto de fadas.”

Próxima IndyCar matéria
Alfa Romeo admite interesse na Indy

Previous article

Alfa Romeo admite interesse na Indy

Next article

Indy prega cautela com introdução do aeroscreen em 2018

Indy prega cautela com introdução do aeroscreen em 2018
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Fernando Alonso Shop Now , Graham Rahal , Sébastien Bourdais
Autor Glenn Freeman
Tipo de matéria Últimas notícias