Britânica se torna 1ª engenheira chefe da história da Indy

Leena Gade, vencedora das 24 Horas de Le Mans, estará na supervisão do carro de James Hinchcliffe na temporada de 2018

Engenheira de corridas três vezes vencedora das 24 Horas de Le Mans, Leena Gade se juntou à Schmidt Peterson Motorsports para se tornar engenheira de corridas de James Hinchcliffe no carro #5.

Sua escolha marca a primeira vez em que uma mulher ocupa o cargo de engenheira chefe na história da Indy.

Embaixadora da Comissão de Mulheres no Automobilismo da F1, ela trabalhou em carros na F-BMW, A1GP, corridas de GT e também atuou por Jaguar, Audi e, mais recentemente, pela Bentley Motorsport.

A britânica também obteve o feito de ser a primeira engenheira mulher a vencer as 24 Horas de Le Mans, e, após seu segundo triunfo na prova francesa, foi escolhida como “Personalidade do Ano” no WEC.

“Estou realmente honrada que tive a chance de vir e trabalhar na Indy. Quando eu era criança, costumava assistir à Indy, especialmente quando Nigel Mansell veio. Acompanhei muito. Durante minha carreira nos protótipos foi um pouco menos, até que tive amigos que vieram aos Estados Unidos e trabalharam aqui, como Piers [Phillips, diretor geral da SPM].”

“Estou honrada em ter a chance. Será algo completamente diferente e tudo o que já fiz antes, então será uma grande curva de aprendizado, mas é um desafio que estou apreciando.”

O próximo teste da equipe será em Sebring, no dia 24 de janeiro.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Pilotos James Hinchcliffe
Equipes Schmidt Peterson Motorsports
Tipo de artigo Últimas notícias