Campeão da Lights tenta ano completo na Indy em 2016

compartilhar
comentários
Campeão da Lights tenta ano completo na Indy em 2016
David Malsher
Por: David Malsher
Traduzido por: Erick Gabriel
8 de out de 2015 13:39

Spencer Pigot já se garantiu em três provas, mas ainda procura patrocínio para o restante do ano

Spencer Pigot, Juncos Racing
Spencer Pigot, Jay Howard e Conor Daly
#00 Visit Florida Racing Speedsource Yellow Dragon Mazda6 GX: Joel Miller, Tristan Nunez, Spencer Pigot, Yojiro Terada, Tristan Vautier fora da corrida
#00 Visit Florida Racing Speedsource Yellow Dragon Mazda6 GX: Joel Miller, Tristan Nunez, Spencer Pigot, Yojiro Terada, Tristan Vautier
Joel Miller, Tristan Nunez, Spencer Pigot, Tristan Vautier
James Hinchcliffe, Tristan Nunez, Spencer Pigot, Tristan Vautier

Spencer Pigot, campeão de 2015 da Indy Lights tem direito a três provas na principal categoria de monopostos dos Estados Unidos, mas suas intenções vão além. Em entrevista ao MOTORSPORT.COM, o piloto nascido na Califórnia afirmou que quer fazer a temporada completa. Pigot está à procura de patrocínio que permita realizar este desejo.

Enquanto isso Dan Andersen, proprietário de todas as três divisões da Mazda Road to Indy, está analisando as ofertas das equipes que já demonstraram interesse em serviços de Pigot para o próximo ano.

Pigot explica: "Dentro do pacote de três corridas que tenho direito, acho que temos cinco equipes interessadas. Uma das corridas é a Indy 500 e isso é ótimo, porque um dos meus objetivos é esse, estar na centésima edição dessa prova."

"Espero ter a definição nas duas próximas semanas. Uma vez com essas três corridas garantidas, sairemos em busca de patrocínio para o restante da temporada."

Competindo pela Juncos Racing, Pigot venceu o campeonato da Pro Mazda em 2014 e contabilizou seis vitórias e mais quatro pódios em 2015, na Indy Lights. O ano de 2015 foi o primeiro do chassi Dallara IL15, desenhado especificamente para se aproximar do modelo utilizado na IndyCar.

Sobre este assunto, as preocupações de Pigot não estão em cima do carro, já que acredita que foi bem em testes de agosto no carro de Will Power, em Sonoma. Ele está mais inquieto sobre a questão financeira, para se manter da Indy.

"Acredito que ter um acordo parcial poderá encorajar novos patrocinadores", disse. "Neste momento eu estou confiante que teremos dinheiro suficiente para mais do que três provas, mas não temos o suficiente para todas ainda. E há poucos pilotos com alguns milhões a mais do que eu tenho. Há uma competição para isso, com certeza."

Esse foi o segundo ano de Anderson atuando no suporte da IndyCar.  Seu primeiro campeão na Light foi Gabby Chaves, que este ano obteve uma impressionante performance pilotando para a Bryan Herta Autosport na IndyCar, apesar de ser um novato em uma equipe de apenas um carro. Herta já disse que quer Chavez de volta para uma segunda temporada. Pigot está buscando uma chance parecida e ficaria feliz que Anderson e a Mazda ecoassem seus sentimentos.

 

Próxima IndyCar matéria
Quatro títulos de Dixon na Indy em imagens

Previous article

Quatro títulos de Dixon na Indy em imagens

Next article

Ex-piloto pega 25 anos de prisão por abuso sexual de menor

Ex-piloto pega 25 anos de prisão por abuso sexual de menor
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Spencer Pigot
Equipes Juncos Racing
Autor David Malsher
Tipo de matéria Entrevista